13:55 15 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Margarita Simonyan, editora-chefe do RT

    FBI verifica sites da Sputnik e RT por 'interferência' nas eleições norte-americanas

    © Sputnik/
    Rússia
    URL curta
    1447

    Funcionários do FBI (Agência Federal de Investigação dos EUA) estão verificando mídias, incluindo sites da Sputnik e do RT, pela "intervenção" da Rússia nas eleições presidenciais dos EUA.

    Fontes do portal McClatchyDC, que são próximas à situação, dizem que os "agentes russos" provavelmente utilizaram programas automáticos (bots) que preencheram as redes sociais com links para matérias que apoiam Donald Trump. No entanto, o portal não apresenta evidência alguma e o porta-voz do FBI recusou comentar o assunto.

    A Rússia negou repetidamente as acusações feitas por serviços de inteligência dos Estados Unidos sobre tentativa russa de influenciar as eleições nos Estados Unidos. A editora-chefe do RT e das agências Sputnik, Margarita Simonyan, declarou que tais acusações não possuem palavras verdadeiras e atacam as mídias em questão.

    Nos últimos tempos, o Ocidente vem declarando periodicamente a necessidade da guerra de informação contra a mídia russa. Em particular, para desenvolvimento de tal iniciativa, foi dedicada uma resolução do Parlamento Europeu que tem como principais ameaças a Sputnik e o RT.

    Mais:

    WikiLeaks transmite coletiva de imprensa sobre relatório da CIA e eleições nos EUA
    Suécia teme interferência russa semelhante à das eleições nos EUA
    Desmentidos 6 mitos mais comuns sobre as eleições de 2016 nos EUA
    Tags:
    Eleições nos EUA, FBI, Margarita Simonyan, Donald Trump, Rússia, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik