21:45 09 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Rússia
    URL curta
    21397
    Nos siga no

    As declarações de Sergei Aksenov, primeiro-ministro da Crimeia, sobre a necessidade de uma monarquia na Rússia provocaram polêmica no país.

    No entanto, político destacou que não se pronunciava a favor da mudança de regime no país, mas que se referia a ampliar os poderes do presidente da Rússia.

    "Não se trata da necessidade de uma mudança da ordem constitucional, mas dos poderes", declarou Aksenov no canal Rossiya 24, falando sobre a polêmica causada pelas suas palavras sobre o regresso à monarquia na Rússia.

    "Dei dois exemplos: se o nosso presidente Vladimir Putin tivesse sido governante a União Soviética, tivesse dirigido o processo, a URSS não teria colapsado. Se na Rússia czarista, naquele momento, tivesse havido um homem desse caráter —inteligente, decidido- teriam acontecido coisas positivas", afirmou Aksenov.

    De acordo com o chefe da república, o presidente da Rússia, deve ter uma forte influência em todos os assuntos, "às vezes, apenas da sua vontade e de suas decisões dependerá o futuro do país", frisou ele.

    "Vladimir Putin deve ser presidente por toda a vida", concluiu o político.

    Mais:

    Líder da Crimeia: Reunificação com a Rússia é inquestionável
    Não, obrigado: Rússia não trocará Crimeia pela remoção de sanções
    Monumento ao 'capitão' Putin será colocado na Crimeia
    Tags:
    poder, presidente, Sergey Aksenov, Vladimir Putin, Crimeia, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar