01:12 22 Fevereiro 2020
Ouvir Rádio
    Rússia
    URL curta
    15340
    Nos siga no

    O canal russo RT acaba de lançar o projeto multimídia FakeCheck em inglês e russo, que visa desmentir as notícias falsas (fake news) da mídia internacional propagadas nas redes sociais.

    "O projeto do RT ajudará a separar os fatos das falsificações. É de destacar que as edições estrangeiras que chamam os pontos de vista alternativos (como as notícias do RT) de 'fake news' são elas próprias muitas vezes fonte ou divulgador de notícias falsas evidentes", explica um representante do canal.

    O projeto FakeCheck analisa e verifica todos os exemplos de notícias falsificadas. Por exemplo, uma fotografia de uma menina que alegadamente foge às ações militares em Aleppo em 2016 foi muitas vezes compartilhada e retweetada. A verdade é que a fotografia é proveniente de um vídeo-clip de uma canção libanesa. 

    Outro exemplo de falsificação é a notícia do jornal norte-americano The Washington Post sobre o hackeamento da rede de uma empresa de eletricidade, alegadamente realizado por hackers russos. "A notícia" foi depois publicada por outras grandes edições, incluindo o The Telegraph e Bloomberg. Entretanto, a empresa "vítima" negou oficialmente o hackeamento. Na verdade, só um computador, que não estava ligado à rede interna da empresa, foi afetado.

    Atualmente, o FakeCheck tem seis exemplos de falsificações publicadas, o número deles vai crescer.

    Mais:

    Sputnik vira alvo de agentes secretos nos Países Bálticos
    'Com tais ações dos EUA jornalistas russos em breve serão fuzilados nas praças'
    Tags:
    falsificação, RT, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar