14:08 22 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Rússia
    URL curta
    206
    Nos siga no

    De acordo com o jornal russo Kommersant, o avião militar que se despenhou perto de Sochi em dezembro passado na verdade não caiu, mas aterrissou na água em um voo controlado pelo piloto.

    O jornal cita uma fonte próxima à comissão técnica-militar que investiga o acidente aéreo, dizendo que a modelagem 3D mostrou que todos os sistemas do avião, pertencente ao Ministério da Defesa russo, estavam funcionando corretamente.

    Mas logo depois da decolagem o piloto cometeu um erro – de fato ele dirigiu o avião para aterrissar no mar.

    "A modelagem mostrou que o avião Tu-154, até embater na água, desceu em regime de voo controlado pelo piloto", se lê no artigo.

    O jornal, referindo-se a seus especialistas, indicou entre as possíveis razões "a desorientação do piloto no espaço". Além disso, existem outros fatores que poderiam ter levado à tragédia como o cansaço da tripulação e o stress emocional dos pilotos.

    Em 25 de dezembro, um avião Tu-154 do Ministério da Defesa russo caiu no mar Negro com 92 pessoas a bordo (84 passageiros e 8 membros da tripulação) depois de ter desaparecido dos radares 7 minutos após a decolagem. Os destroços do avião foram encontrados no mar a 1,5 km da costa, a uma profundidade de 50 a 70 metros. Entre os passageiros a bordo estavam vários jornalistas dos principais canais de TV da Rússia, bem como cantores e músicos do Ensemble Aleksandrov, que planejavam atuar na passagem de ano na Síria para militares russos e funcionários do Ministério da Defesa.

    Mais:

    Homenagem dos americanos às vítimas da tragédia com Tu-154
    Roma realiza cerimônia religiosa em homenagem a vítimas do Tu-154
    Americanos cantam hino russo em homenagem às vítimas do acidente com Tu-154 (VÍDEO)
    Tags:
    catástrofe, queda, avião, Tu-154, Ministério da Defesa (Rússia), Sochi, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar