01:15 18 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov

    'Fora dos limites do bem e do mal': Lavrov responde à Ucrânia sobre morte de Churkin

    © Sputnik / Grigory Sysoev
    Rússia
    URL curta
    Morte do embaixador russo na ONU (10)
    12231
    Nos siga no

    O Ministro das Relações Exteriores russo Sergei Lavrov declarou na terça-feira (21) que a decisão da Ucrânia de bloquear a declaração do presidente do Conselho de Segurança da ONU sobre a morte do embaixador russo Vitaly Churkin é algo "fora dos limites do bem e do mal".

    O chanceler russo fez este anúncio durante a coletiva de imprensa conjunta com o seu homólogo sueco Margot Wallstroem após a reunião bilateral realizada hoje (21).

    "Eu sei como a ONU funciona. Creio que o representante permanente da Ucrânia não faria isso sozinho [por si mesmo]. Isso significa que lhe foi ordenado fazê-lo", assinalou Lavrov.

    "Claro que isso não se enquadra nos padrões cristãos. Isso está para além do bem e do mal. Mas o atual governo ucraniano nos acostumou a isso, que alguns no seu país tratam os russos desta forma, inclusive aqueles que não desejam obedecer às ordens dos neonazistas", acrescentou o ministro.

    "Quanto à renúncia do representante ucraniano junto à ONU de apoiar a aprovação da declaração sobre Vitaly Churkin. Eu sei como a ONU funciona. Creio que o representante permanente da Ucrânia não faria isso sozinho [por si mesmo]. Isso significa que lhe foi ordenado fazê-lo", acha o chanceler russo.

    A Ucrânia, que preside o Conselho de Segurança da ONU decidiu não fazer declaração relativa à morte do embaixador russo. Anteriormente, o representante permanente da Ucrânia nas Nações Unidas, Vladimir Elchenko, comentando a morte do representante permanente russo Vitaly Churkin, recomendou não "exagerar o seu papel pessoal".

    Churkin morreu em 20 de fevereiro em Nova Iorque. Na terça-feira (21) ele teria completado 65 anos de idade.

    Tema:
    Morte do embaixador russo na ONU (10)

    Mais:

    Churkin: Rússia não está impedindo entregas de ajuda humanitária em Aleppo
    Guterres diz que apreciou a oportunidade de trabalhar com embaixador russo
    Conselho de Segurança da ONU aprova resolução relacionada com morte do embaixador russo
    Tags:
    bloqueio, declaração, embaixador russo, morte, Conselho de Segurança da ONU, Vitaly Churkin, Sergei Lavrov, Nova Iorque, Ucrânia, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar