01:05 19 Julho 2019
Ouvir Rádio
    Representante permanente da Rússia na ONU Vitaly Churkin (foto de arquivo)

    Possível causa da morte de embaixador russo na ONU é revelada

    © AFP 2019 / EMMANUEL DUNAND
    Rússia
    URL curta
    Morte do embaixador russo na ONU (10)
    36422

    O representante russo para a ONU, Vitali Churkin, morreu hoje em Nova Iorque, devido a problemas cardíacos, informa o The New York Post.

    O diplomata russo estava na Embaixada do seu país, quando às 09:30 (hora local) começou a sentir dor no peito.

    Depois de ficar inconsciente e receber ressuscitação cardiopulmonar, ele foi transferido para o Hospital Presbiteriano de Nova Iorque, onde morreu.

    Sua morte foi anunciada na última sessão das Nações Unidas e lamentada pelos colegas. Nascido na capital russa em 1952, Churkin começou sua longa carreira logo após se formar no Instituto Estatal de Relações Exteriores de Moscou, em 1974. Ele foi embaixador no Canadá, representante russo nas conversações com a Iugoslávia e diretor do Departamento de Informação da chancelaria russa.

    Churkin tinha 64 anos. Ele deixa duas filhas e esposa.

    Tema:
    Morte do embaixador russo na ONU (10)

    Mais:

    Churkin: Rússia não está impedindo entregas de ajuda humanitária em Aleppo
    Tags:
    ONU, Hospital Presbiteriano de Nova Iorque, Instituto Estatal de Relações Exteriores de Moscou, Vitaly Churkin, Estados Unidos, Moscou, Canadá, Rússia, Nova Iorque
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar