18:25 21 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Homem com a bandeira da União Soviética na praça no centro de Moscou, Rússia (foto de arquivo)

    Até o fim deste ano, Rússia terá pago todas as dívidas herdadas da União Soviética

    © Sputnik/ Aleksandr Vilf
    Rússia
    URL curta
    102106252

    Segundo o jornal Izvestia citando o Ministério das Finanças russo, todos os débitos devem ser quitados antes de 2017 acabar. O feito acontecerá quando a última parcela da dívida for paga à Bósnia-Herzegovina.

    À pedido do Ministério das Finanças, o Banco de Desenvolvimento e Assuntos Econômicos Estrangeiros da Rússia reembolsou totalmente os débitos com a China, pagando em 2015 mais de US$ 415 milhões em dívidas da época soviética.

    Na semana passada, o Ministério das Finanças russo informou que também liquidaria US$ 60,6 milhões com a Macedônia e disse que a única dívida pendente da era soviética era para a Bósnia e Herzegovina. Ambos os países foram estabelecidos após a dissolução da Iugoslávia e receberam o direito de recuperar parte da dívida da ex-URSS.

    Uma fonte do governo disse ao Izvestia que o pagamento à Bósnia e Herzegovina poderia ser concluído antes do verão russo, no meio do ano. Em 8 de dezembro de 1991, líderes das repúblicas russa, ucraniana e bielorrussa se reuniram na Bielorrússia para assinar o Pacto de Belaveja, anunciando formalmente a dissolução da União Soviética e a criação da Comunidade de Estados Independentes. 

    A URSS foi formalmente dissolvida duas semanas depois, em 26 de dezembro de 1991.

    Mais:

    Para PCdoB, extinção da URSS foi grande retrocesso
    O que impediu União Soviética de ganhar a Guerra Fria?
    Tags:
    Pacto de Belaveja, Banco de Desenvolvimento e Assuntos Econômicos Estrangeiros da Rússia, Ministério das Finanças da Rússia, Comunidade de Estados Independentes, Izvestia, Bielorrússia, Macedônia, União Soviética, China, Ucrânia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik