07:24 26 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    Zona ártica russa

    Mais de 100 estruturas militares russas entrarão em funcionamento no Ártico neste ano

    © Sputnik / Valery Melnikov
    Rússia
    URL curta
    392

    O Ministério da Defesa da Rússia declarou que mais de 100 instalações militares entrarão em funcionamento no Ártico ainda neste ano.

    Mais de 100 importantes infraestruturas militares começarão a funcionar no Ártico até o fim de 2017, comunicou a assessoria de imprensa do Ministério da Defesa da Rússia na quarta-feira (25).

    Cerca de mil construtores e mais de 200 peças de equipamento serão distribuídos em seis localizações diferentes do Ártico, incluindo os arquipélagos de Francisco José, Nova Zembla, Nova Sibéria e a Ilha de Wrangel.

    Os arquipélagos russos mais setentrionais abrangem milhares de quilômetros da costa noroeste nos mares de Barents e de Kara, bem como seus territórios marítimos do Extremo Oriente entre os mares de Laptev e Siberiano Oriental.

    Em dezembro de 2014, a Rússia apresentou sua doutrina militar revisada que tem como uma das maiores prioridades a proteção dos interesses nacionais no Ártico.

    Mais:

    EUA têm que evitar 'dominação russa' no Ártico, diz indicado de Trump ao Pentágono
    Plataforma continental: reivindicações russas do Ártico não representam nenhum perigo
    Robôs submarinos vão explorar Ártico russo em 2018
    Dinamarca teme 'mão de ferro' russa em jogo pelo Ártico
    Tags:
    doutrina militar, interesse nacional, construção, trabalhadores, equipamento, infraestrutura, Ministério da Defesa (Rússia), Extremo Oriente Russo, Ilhas da Nova Sibéria, Nova Zembla, Terra de Francisco José, Mar Siberiano Oriental, Mar de Barents, mar de Kara, Mar de Laptev, Ártico, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik