20:41 27 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Rússia
    URL curta
    061
    Nos siga no

    A operação militar na Síria provou crescimento do nível de profissionalismo dos dirigentes das Forças Armadas da Rússia, constatou, na quarta-feira (18), o ministro da Defesa, o general do Exército, Sergei Shoigu.

    Ao abrir a reunião dos dirigentes das Forças Armadas da Rússia, o ministro sublinhou que "o exército e a frota realizam tarefas complicadas que sempre exigem dos militares todo esforço e análise aprofundada da situação, usando criatividade e iniciativa".

    "Nos últimos tempos, o nível de profissionalismo dos generais, almirantes e oficiais tem crescido significativamente. Aumenta-se a qualidade na realização de tarefas pelos órgãos militares e pelas tropas. Além disso, é evidenciado um melhoramento nos treinamentos aéreos e marítimos. Isso foi comprovado durante a operação na Síria", afirmou Shoigu.

    Ele apontou que "foram usados forças e meios complexos da Força Aeroespacial e Marinha, além disso, os mais novos sistemas de armamento de alta precisão".

    "Contudo, a experiência de combate disposta por nós comprova a necessidade de continuar intensificando cooperação entre os órgãos militares e aperfeiçoando os oficiais das Forças Armadas", sublinhou o ministro.

    Segundo ele, em 2017, além da realização da capacitação das tropas militares da Rússia, serão realizados treinamentos de combate das Forças Armadas.

    Mais:

    Rumo a novas alianças globais: China-UE e EUA-Rússia
    'Sanções contra Rússia devem ser mantidas', diz embaixadora dos EUA na ONU
    OTAN não é bem-vinda: Rússia e China podem garantir neutralidade militar da Sérvia?
    Lançamento bem-sucedido: Rússia testa míssil balístico Topol-M
    'Não haverá regateio': Rússia não vê relação entre desarmamento e cancelamento de sanções
    Tags:
    Rússia, Síria, Sergei Shoigu, Forças Armadas da Rússia, Marinha da Rússia, Força Aeroespacial da Rússia, treinamento militar, avanço, profissionalismo, reunião, dirigente, operação militar
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar