16:44 05 Junho 2020
Ouvir Rádio
    Rússia
    URL curta
    0 70
    Nos siga no

    Sete membros do movimento islâmico Tablighi Jamaat foram detidos na região de Moscou, na Rússia, nesta quinta-feira, segundo anunciou o escritório regional do Serviço Federal de Segurança da Rússia, o FSB.

    Barras de dinamite, artefatos explosivos artesanais e granadas encontados durante a detenção de agentes ucranianos que planejavam organizar atentados na Crimeia (Imagem de vídeo do FSB russo)
    © Sputnik / Centro de Relações Públicas do FSB da Rússia
    De acordo com as autoridades russas, o grupo portava material extremista quando foi abortado pelos agentes. 

    "Foram detidos sete participantes da célula religiosa, incluindo seus líderes. Durante os registros, foram confiscados textos extremistas, equipamentos de comunicação e dispositivos de memória com informes sobre ações realizadas", diz o comunicado do FSB

    Em 2009, o Supremo Tribunal da Federação Russa reconheceu o Tablighi Jamaat como uma organização extremista, considerando que suas atividades ameaçam a estabilidade interétnica e interconfessional da sociedade russa. 

    Mais:

    'Redes de apoio na Europa estão alimentando atos terroristas'
    Por que o Ocidente tomou o lado dos terroristas?
    Tags:
    extremismo, Serviço Federal de Segurança (FSB), Tablighi Jamaat, Rússia, Moscou
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar