17:03 20 Setembro 2017
Ouvir Rádio
    Ex-presidente da União Soviética, Mikhail Gorbachev

    Gorbachev assume parte da responsabilidade pela queda da União Soviética

    © Sputnik/ Ramil Sitdikov
    Rússia
    URL curta
    293864275

    Passados 25 anos desde o desaparecimento da URSS, o ex-presidente soviético, Mikhail Gorbachev, declarou que assume sua parte de responsabilidade por este que é considerado um dos maiores eventos na história do século XX.

    Nesta quarta-feira (21), o jornal russo Rossiyskaya Gazeta publicou um artigo de Gorbachev em que ele comenta que era necessário e possível reformar a União Soviética, evitando a sua desintegração.

    "Apesar de tarde, escolhemos este caminho (…) Mas não conseguimos cumprir esta tarefa e assumo minha parte de responsabilidade", escreveu o ex-líder soviético, destacando, no entanto, que "tem sua consciência limpa".

    Ele destacou ainda ter "defendido a URSS até o último momento via métodos políticos".

    Gorbachev garantiu, que inclusive após a tentativa de golpe de Estado em agosto de 1991, após o qual as repúblicas passaram a aprovar suas declarações de independência, era possível alcançar um acordo entre elas para criar uma união confederativa.

    "As conversas foram difíceis, mas o projeto de um acordo chegou a ser elaborado", revelou o ex-líder.

    De qualquer forma, segundo ele, o uso de força era totalmente inaceitável para tentar salvar a URSS.

    "Os métodos políticos já estavam esgotados. Deveríamos ter recorrido ao uso de força? Claro que não. Isso poderia desencadear um grande incêndio na casa ou, dito em outras palavras, poderia desencadear uma guerra", afirmou Gorbachev.

    Ele explicou, que em um país como a URSS, sobrecarregado de problemas, conflitos e armas, o uso de força representava um risco inadmissível.

    Mais:

    Ex-presidente soviético Gorbachev: 'Próxima guerra será a última'
    Gorbachev pede a Rússia e UE que busquem aproximação
    Gorbachev incita Ocidente a lançar nova Perestroika nas relações com a Rússia
    Tags:
    dissolução, responsabilidade, Mikhail Gorbachev, União Soviética
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik