20:45 21 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Rússia
    URL curta
    011
    Nos siga no

    O recente acordo alcançado para a venda de 19,5% das ações da Rosneft pertencentes à Federação Russa é muito benéfico para a Rússia, uma vez que a receita da negociação excede os parâmetros mínimos esperados pelo governo, garantiu nesta sexta-feira o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov.

    Na última quarta-feira o diretor-executivo da companhia, Igor Sechin, informou ao presidente russo, Vladimir Putin, que havia chegado a um acordo para vender as ações da União a um consórcio formado pelo grupo de mineração Glencore e o Fundo Soberano do Qatar por aproximadamente 11,3 bilhões de dólares.

    Pouco depois do anúncio, o jornal de negócios Kommersant alegou, citando fontes próprias, que a transação não seria realmente vantajosa para a Rússia, pois o preço de venda estaria abaixo do que o governo teria mencionado em uma diretiva. 

    "Como pode não ser benéfico? Alguns parâmetros básicos foram estabelecidos, e o acordo não apenas atende a esses parâmetros, ele os excede", disse Peskov à agência RIA Novosti. "É certamente benéfico", acrescentou. 

    Mais:

    Rosneft e venezuelana PDVSA começam entregas mútuas de produtos petrolíferos em 2016
    Rússia inicia processo de privatização de parte da Rosneft
    Rosneft assume controle total do projeto Solimões no Brasil
    Tags:
    Rússia, Qatar, Igor Sechin, Vladimir Putin, Dmitry Peskov, RIA Novosti, Kommersant, Rosneft, Glencore, privatição
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar