04:26 25 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Rússia
    URL curta
    24493
    Nos siga no

    Muitos parceiros da Rússia preferem se basear no direito internacional ao tomar uma decisão, por isso as tentativas para criar um mundo unipolar falharam, o equilíbrio está se restaurando, afirmou o presidente russo durante uma entrevista ao canal NTV.

    "Isso é inevitável, as tentativas de criar esse mundo unipolar não se afirmaram, nós já estamos vivendo em outra dimensão. Mas a Rússia sempre teve o ponto de vista de que devemos respeitar os interesses dos outros enquanto defendemos os nossos. É assim que vamos construir nossas relações com todos os nossos colegas", disse Putin.

    O presidente comentou por que o Ocidente muitas vezes ficou surdo perante a posição de Moscou sobre a resolução de conflitos militares como, por exemplo, durante o bombardeio pela OTAN da Jugoslávia em 1999 e a operação da Aliança na Bósnia e Herzegovina em 1995.

    "A resposta é muito simples: apenas as vozes que falam mais alto são ouvidas… A situação tem mudado e penso que já não é segredo para ninguém que muitos de nossos parceiros preferem recorrer ao direito internacional, porque o equilíbrio global está gradualmente se restaurando."

    Além disso, o presidente russo acredita que o presidente eleito norte-americano Donald Trump é uma pessoa inteligente, por isso ele poderá assumir rapidamente outro nível de responsabilidade.

    "Trump era comerciante e empresário. Hoje ele já é um estadista, o líder dos Estados Unidos, um dos países mais importantes, uma das maiores economias, uma grande potência militar. Como ele conseguiu alcançar o sucesso nos negócios, isso mostra que ele é uma pessoa inteligente. E se é inteligente, ele vai assumir rapidamente outro nível da responsabilidade. Nós acreditamos que ele vai atuar se baseando nessas posições", afirmou Vladimir Putin.

    Mais:

    SCO é 'estratégia para criar antídoto contra o Ocidente'
    Mundo unipolar está acabando: todos esperam ações de António Guterres
    Tags:
    relações internacionais, Donald Trump, Vladimir Putin, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar