06:08 24 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Kremlin, Moscou

    Ministro da Economia da Rússia é posto em prisão domiciliar por acusações de suborno

    © Sputnik / Grigoriy Sisoev
    Rússia
    URL curta
    420
    Nos siga no

    Um tribunal distrital de Moscou decidiu nesta terça-feira (15) colocar o ministro do Desenvolvimento Econômico russo Aleksei Ulyukaev em prisão domiciliar por dois meses em meio à investigação sobre um caso milionário de suborno no país.

    No início do dia, Ulyukaev foi oficialmente acusado de ter supostamente recebido cerca de 2 milhões de dólares em um esquema para favorecer a compra da companhia petrolífera Bashneft pela Rosneft.

    Os investigadores disseram no tribunal que tinham evidências convincentes contra o ministro, incluindo gravações de áudio e vídeo e relatos de testemunhas, bem como impressões digitais em notas de dinheiro.

    O tribunal decidiu que Ulyukaev não deveria ser autorizado a dar passeios regulares durante a prisão domiciliar apesar de um pedido de seu advogado, que citou problemas de saúde do ministro. 

    O Comitê de Investigações da Rússia disse nesta terça-feira que o ministro foi pego em flagrante recebendo um suborno de cerca de US$ 2 milhões por uma avaliação positiva que permitiu à empresa russa de energia Rosneft comprar as ações estatais da companhia petrolífera Bashneft.

    Mais:

    Putin e Medvedev comentam detenção do ministro de Desenvolvimento Econômico
    Ministro da Economia da Rússia é preso por suspeita de corrupção
    Tags:
    corrupção, suborno, acusação, prisão domiciliar, desenvolvimento econômico, economia, ministro, Rosneft, Bashneft, Comitê de Investigações da Rússia, Aleksei Ulyukaev, Rússia, Moscou
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar