22:43 14 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Dmitry Peskov, assessor de imprensa do presidente russo

    Kremlin comenta informação sobre eleições antecipadas na Rússia

    © Sputnik/
    Rússia
    URL curta
    2141

    O porta-voz oficial do presidente da Rússia, Dmitry Peskov, desmentiu hoje (14) a informação sobre supostos planos do Kremlin em realizar eleições antecipadas em 2017.

    A informação havia sido prestada ao canal de televisão russo Dozhd por fontes próximas à administração do presidente Vladimir Putin. Kremlin, no entanto, teria desistido das eleições antecipadas após a derrota de Hillary Clinton nas eleições presidenciais nos EUA. De acordo com a fonte, caso tivesse sido eleita, Clinton poderia se aproveitar das eleições presidenciais russas, marcadas para 2018, para desestabilizar a situação política na Rússia.

    “Nunca tivemos esse tipo de plano [de realizar eleições antecipadas]. Não temos do que desistir” – garantiu Peskov em entrevista a Dozhd.

    No início de novembro, o porta-voz de Putin já havia desmentido os supostos boatos sobre as eleições antecipadas na Rússia. O líder do Partido Comunista da Rússia, Gennady Zyuganov, no entanto, chegou a dar certeza à mídia de que as próximas eleições presidenciais na Rússia seriam realizadas antes do prazo.

    Mais:

    Eleições para a Duma: 39,37% de comparecimento às urnas
    Eleições da Duma neste domingo serão termômetro da popularidade de Putin para 2018
    Tags:
    eleições presidenciais, Kremlin, Dmitry Peskov, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik