10:32 19 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Bonecas tradicionais russas, 'matryoshkas', com imagens de Trump, Putin e Clinton

    Ex-embaixador dos EUA parabeniza Sputnik pela vitória de Trump

    © AFP 2019 / Kirill KUDRYAVTSEV
    Rússia
    URL curta
    Trump, presidente: a surpresa que abalou o mundo (70)
    24716
    Nos siga no

    Ex-embaixador norte-americano na Rússia, Michael McFaul, felicita o deputado da Duma de Estado (câmara baixa do parlamento russo), Vladimir Zhirinovsky, a editora-chefe do Russia Today, Margarita Simonyan, e a agência de notícias Sputnik após o candidato republicano, Donald Trump, ter ganhado as eleições.

    "Parabéns para @PutinRF @M_Simonyan @SputnikInt @Zhirinovskiy @KatasonovaMaria. É vitória!",  escreveu McFaul na sua conta do Twitter.

    ​Margarita Simonyan que, foi mencionada na postagem do ex-diplomata, respondeu ironicamente ao comentário de McFaul:

    “Doutor @McFaul, estou lisonjeada! Rs”

    ​Anteriormente, McFaul acusou o presidente russo, Vladimir Putin, por supostamente intervir de forma bem-sucedida nas eleições norte-americanas. 

    “Putin interveio nas eleições e alcançou êxito. Rapagão”, escreveu o diplomata no Twitter, sendo a última palavra do post escrita em russo.

    McFaul excluiu a postagem rapidamente.

    A representante oficial do Ministério das Relações Exteriores russo, Maria Zakharova, apontou que, no início do mandato, a administração de Obama “nomeava tais ‘Mcfauls’ como altos funcionários, mas depois, quando a situação chegou a um impasse, começou a gritar que Moscou era a culpada de tudo”.

    Os serviços de inteligência norte-americanos insinuaram várias vezes que a Rússia, de fato, estaria apoiando à candidatura de Trump. O Kremlin, por sua vez, reforçou repetidamente que todas as acusações de Washington eram uma ferramenta de luta política e manipulação da opinião pública. 

    O republicano Donald Trump ganhou as eleições, vencendo em vários ‘swing states’ (estados crucias para decisão da eleição, onde, geralmente, não se sabe qual candidato irão apoiar). De acordo agências de notícias, Trump recebeu 276 votos do Colégio Eleitoral, enquanto Hillary Clinton conseguiu 218.

    Tema:
    Trump, presidente: a surpresa que abalou o mundo (70)

    Mais:

    Assange: WikiLeaks não tem interesse em influenciar eleições dos EUA
    Kremlin fala de um novo 'reset' nas relações com EUA
    Obama considera que EUA se tornaram mais fortes
    Tags:
    conspiração, parabéns, eleições, redes sociais, Casa Branca, Kremlin, Twitter, Michael McFaul, Margarita Simonyan, Donald Trump, Maria Zakharova, Barack Obama, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar