03:34 09 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Rússia
    URL curta
    19315
    Nos siga no

    As declarações da OTAN sobre participação do grupo naval russo em atividades na cidade síria de Aleppo são absurdas, a aliança não tem razões para estar preocupada devido à deslocação do grupo no mar Mediterrâneo, disse à RIA Novosti o diretor do Departamento de Cooperação Europeia do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, Andrei Kelin.

    "A preocupação é infundada porque já faz oito dias que os nossos aviões não se aproximam de Aleppo. Não há razões. O grupo de navios dirige-se para o mar Mediterrâneo. Os nossos navios sempre ficaram no Mediterrâneo. Não há razões de suspeitar algo, não há razões para as declarações de Stoltenberg. Agora a viação russa não se aproxima de Aleppo, o Ministério da Defesa [russo] informou sobre isso. Para quê inventar tais suposições obscuras e, com base nelas, fazer recomendações políticas? É, com certeza, absurdo", disse o diplomata russo.

    O secretário-geral da OTAN Jens Stoltenberg afirmou há poucos dias que o grupo naval "pode ser usado para reforçar o potencial das forças russas que participam da operação militar em toda a Síria, bem como para realizar mais ataques aéreos em Aleppo".

    Na quarta-feira (26), o Ministério da Defesa da Rússia declarou que o departamento tinha previsto coordenar com a parte espanhola a entrada de alguns navios da flotilha russa no porto de Ceuta, desmentindo as declarações sobre planos de reabastecer o porta-aviões Admiral Kuznetsov. Segundo o ministério russo, a parte espanhola declarou que a entrada dos navios russos no porto de Ceuta não seria desejável devido à pressão por parte dos EUA e OTAN.

    Mais:

    Rússia diz que terroristas frustraram tentativa de evacuar 40 civis em Aleppo
    Forças sírias assaltam monte estratégico em Aleppo
    Moscou e Damasco podem restabelecer pausas humanitárias em Aleppo
    Aviação russa e síria não reiniciam ataques em Aleppo desde 18 de outubro
    Militares russos e sírios escoltam mulheres e crianças para fora de Aleppo
    Tags:
    navios russos, declaração, Admiral Kuznetsov, Ministério das Relações Exteriores, OTAN, Jens Stoltenberg, Espanha, Mar Mediterrâneo, Aleppo, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar