02:36 27 Fevereiro 2020
Ouvir Rádio
    Rússia
    URL curta
    20301
    Nos siga no

    O presidente russo, Vladimir Putin, autorizou o acordo intergovernamental entre Moscou e Damasco sobre posicionamento do grupo aéreo da Força Aeroespacial russa na Síria, informou a assessoria de imprensa do Kremlin na sexta-feira (14).

    O respectivo acordo foi assinado em Damasco no dia 26 de agosto de 2015 e aprovado por ambas as câmaras do parlamento russo neste mês de outubro.

    Segundo o Kremlin, o documento determina as condições da presença das forças russas na Síria.

    Conforme o acordo, o grupo aéreo russo está presente no país a pedido de Damasco e posicionado na base aérea de Hmeymim, na província de Latakia. A infraestrutura e território da base são concedidos à Rússia gratuitamente.

    O acordo ratificado estipula que os militares russos gozarão de imunidade semelhante à prevista pela Convenção de Viena sobre Relações Diplomáticas. Além disso, as forças russas não estarão sujeitas à inspeção na fronteira com a Síria.

    Na quarta-feira (12), o presidente do Comitê dos Assuntos Internacionais do Conselho da Federação da Rússia (câmara alta do parlamento do país), Konstantin Kosachev, informou que o acordo entre Rússia e Síria sobre o posicionamento permanente de um grupo aéreo russo na Síria possui caráter defensivo, não sendo dirigido contra países terceiros.

    Mais:

    Rússia e Síria concluem acordo sobre uso permanente da base de Hmeymim
    Tags:
    deslocamento, inspeção, imunidade, infraestrutura, parlamento russo, base aérea Hmeymim, Conselho da Federação, Konstantin Kosachev, Vladimir Putin, Latakia, Moscou, Damasco, Síria, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar