02:31 14 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Presidente da Rússia Vladimir Putin discursa durante comemoração do 71º aniversário da vitória na Segunda Guerra Mundial, em Moscou – 9 de maio de 2016

    Churkin diz que Obama cometeu um absurdo ao comparar Putin e Saddam

    © Sputnik/ Mikhail Klimentyev
    Rússia
    URL curta
    2171

    O representante permanente da Rússia nas Nações Unidas, Vitaly Churkin, disse que foi absurda a comparação entre o presidente russo, Vladimir Putin, e o antigo líder iraquiano Saddam Hussein, feita ontem pelo chefe de Estado americano, Barack Obama.

    Presidente russo Vladimir Putin fala ao presidente norte-americano Barack Obama antes da sessão da APEC, Pequim, China, novembro de 2014
    © AFP 2017/ POOL DE KREMLIN/ SERVIÇO PÚBLICO DO PRESIDENTE
    "Eu não vou exagerar, mas essa declaração infeliz do presidente Obama… Eu tenho certeza de que ele é uma pessoa suficientemente educada para saber que esse tipo de comparação é totalmente absurda. Vocês sabem, os políticos, às vezes, dizem coisas das quais eles acabam se arrependendo mais tarde", afirmou Churkin em entrevista à RT.

    Na última terça-feira, Obama comparou as pesquisas sobre as taxas de aprovação do governo Putin às do governo de Saddam, e criticou o candidato republicano à presidência dos EUA, Donald Trump, por elogiar Putin. 

    De acordo com Churkin, as conversas sobre as altas taxas de aprovação do presidente russo não deveriam surpreender Obama, uma vez que Vladimir Putin é considerado um líder mundial popular até pelos cidadãos dos Estados Unidos. 

    Mais:

    Bush insiste que o mundo está melhor sem Saddam
    Vice-presidente dos EUA confunde Assad com Saddam em ato falho na TV
    'Obama e Putin têm o mesmo objetivo de enfraquecer EUA'
    Kremlin responde a retórica de Obama contra a Rússia
    Tags:
    Donald Trump, Saddam Hussein, Vitaly Churkin, Vladimir Putin, Barack Obama, Iraque, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik