06:02 18 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Rússia
    URL curta
    5010
    Nos siga no

    A chanceler da Alemanha Angela Merkel acredita que ainda não há razões suficiente para falar em atenuação de sanções adotadas contra a Rússia.

    “Infelizmente, não” – disse Merkel ao responder sobre o tema durante uma entrevista ao canal da televisão alemã ARD. Ela destacou, no entanto, que caso os lados “consigam alcançar progresso sobre os Acordos de Minsk, o tema certamente, entrará na pauta do dia”.

    Merkel já declarou diversas vezes que as sanções anti-Rússia são ligadas à realização dos Acordos de Minsk, podendo ser repensadas somente em caso de seu cumprimento.

    Em 12 de fevereiro de 2015, representantes da Alemanha, Rússia, França e Ucrânia assinaram na capital da Bielorrússia os chamados Acordos de Minsk, que determinam uma série de condições para acabar com o conflito ucraniano, incluindo a retirada de tropas e o cessar-fogo completo em Donbass. Desde então, no entanto, representantes de Donetsk e Lugansk têm repetidamente declarado que Kiev viola os acordos.

    Apesar de tratar-se de um conflito interno, Kiev e o Ocidente exigem que a Rússia também cumpra os Acordos de Minsk, acusando Moscou de apoiar os independentistas de Donbass e de interferir nos assuntos internos da Ucrânia. Kremlin, no entanto, garante que não tem qualquer envolvimento na crise interna ucraniana e que está totalmente interessado numa resolução pacífica do conflito no país vizinho.

    Mais:

    Putin chamou atenção de Merkel e Hollande para provocações de Kiev na Crimeia
    Putin, Merkel e Hollande concordam: é preciso definir um status legal para Donbass
    Merkel: ‘faço de tudo para retomar relações pré-sanções com a Rússia’
    Angela Merkel pede a empresários da Alemanha empregos para refugiados
    Tags:
    sanções, Angela Merkel, Rússia, Alemanha
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar