14:27 27 Fevereiro 2020
Ouvir Rádio
    Rússia
    URL curta
    10211
    Nos siga no

    A realização da verificação súbita das tropas russas não representa uma ameaça, disse Aleksandr Grushko, representante permanente da Rússia na OTAN.

    "A inspeção súbita não pode ameaçar ninguém. Eu gostaria de enfatizar que esta prática é conhecida da OTAN. Para o nosso país, com seu tamanho, é uma das melhores maneiras de garantir a prontidão das tropas", disse Aleksandr Grushko a agência RIA Novisti.

    Quanto a algumas declarações de que os treinamentos da Rússia supostamente demonstram suas aspirações bélicas, o representante russo disse: "Eu não reagiria a todas as declarações da OTAN em relação a nossa prática de inspeções súbitas. Pelo menos porque essa prática é bem conhecida, ela é completamente transparente para eles".

    "Nós fornecemos à OSCE de forma voluntária notificações sobre a realização deste tipo de exercícios. Fornecemos informações sobre áreas de deslocamento, o número e a composição de forças envolvidas, bem como as tarefas que estão sendo realizadas. Tudo isso pode ser observado na mídia, portanto, os receios em relação a essa prática são completamente inventados. Isto [os comentários dos políticos ocidentais] é um argumento adicional destinado a justificar os próprios preparativos militares dos países da OTAN", assinala Grushko.

    "Todos os eventos militares na Rússia estão sendo realizados conforme todas as obrigações internacionais, incluindo a prática de inspeções súbitas. Isto está previsto pelo documento de Viena sobre as medidas de confiança", destacou ele.

    A inspeção surpresa à prontidão imediata das Forças Armadas russas foi iniciada na quinta-feira (25) e abrange os distritos militares do sul, do oeste e distrito militar central da Rússia, bem como a Frota do Norte, Força Aeroespacial e Tropas Paraquedistas. Os treinamentos durarão até 31 de agosto.

    Mais:

    Suécia não considera Rússia uma ameaça imediata mas prefere OTAN
    Chefe das Forças Armadas dos EUA acusa Rússia de tentativa de arruinar a OTAN
    Aumento da presença militar russa na Crimeia não visa a OTAN
    Tags:
    treinamento militar, atividades militares, inspeção, OTAN, Aleksandr Grushko, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar