17:23 15 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Campeãs olímpicas do nado sincronizado da Rússia são recebidas com festa na casa dos torcedores do país no Rio de Janeiro;

    Campeãs olímpicas do nado sincronizado: 'voltamos pra Rússia como heroínas nacionais'

    Serguey Monin / Sputnik Brasil
    Rússia
    URL curta
    0 60
    Nos siga no

    A equipe da Rússia do nado sincronizado nas Olmpíadas Rio-2016, após vencer a medalha de ouro na última sexta-feira (19), falou à Sputnik Brasil sobre a conquista e a pressão que sofreu com o escândalo do doping.

    A nadadora Alla Shishkina, que também venceu a medalha de ouro em Londres-2012, comentou sobre o valor especial de ter conquistado a medalha no Rio de Janeiro. 

    "Existia sobre nós uma dupla responsabilidade e até o último momento nós nos preocupávamos que poderiam não permitir que a Rússia competisse (…) é claro, agora acho que voltaremos como 'heroínas nacionais'", disse a campeã olímpica. 

    Já a nadadora Vlada Chigireva observou que até o último momento havia indecisão sobre a participação da equipe russa. 

    "Nossa equipe também esteve em uma situação de muita pressão, mesmo que não tenhamos nos preocupado muito com o doping, porque simplesmente nós não o utilizamos. Realmente teve um certo momento que achamos que existia a possibilidade de não irmos para as Olimpíadas. E é uma felicidade que, por fim, nos aprovaram e nos defenderam", comemorou. 

    Mãe da campeã olímpica Alla Shishkina é paparicada pela atleta na casa dos torcedores da Rússia, no Rio de Janeiro.
    Serguey Monin / Sputnik Brasil
    Mãe da campeã olímpica Alla Shishkina é paparicada pela atleta na casa dos torcedores da Rússia, no Rio de Janeiro.

    "Eu até agora não estou acreditando que tudo isto etá acontecendo (a conquista do ouro), as emoções mudam a cada segundo. Realmente não dá pra acreditar ainda, mas acho que uma hora a ficha vai cair", destacou Chigireva. 

    A equipe russa de nado sincronizado confirmou o seu favoritismo e ganhou mais uma vez o ouro nos Jogos Olímpicos, terminando suas apresentações no Parque Aquático Maria Lenk com 99.1333 pontos acumulados. A China, com 97.3667, e o Japão, com 95.4333, completaram o pódio.

     

    Tags:
    nado sincronizado, Olimpíadas, medalha de ouro, Rio 2016, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar