15:29 29 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Rússia
    URL curta
    0 11
    Nos siga no

    Sistema russo que luta contra a lavagem de dinheiro e financiamento do terrorismo é reconhecido como uma dos mais avançados no mundo, disse na quinta-feira (11), diretor adjunto do Departamento de Novos Desafios e Ameaças do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, Dmitry Feoktistov.

    Feoktistov disse que Rússia teve papel decisivo na criação do Grupo de Ação Financeira Internacional (FATF em inglês), que põe fim não somente em financiamentos que "alimentam" o Daesh (grupo proibido na Rússia), mas também em quaisquer canais que beneficiam o grupo terrorista com ajuda técnica e econômica. 

    Ele acrescentou que a Rússia, o FATF e o Conselho da Segurança da ONU trabalharam em conjunto na criação de embargo econômico e comercial sobre todos os territórios controlados pelo Daesh (organização terrorista proibida na Rússia). 

    "Rússia é o iniciador da adoção das novas medidas que são destinadas à repressão de financiamento ao terrorismo, sobretudo ao Daesh. Há também a resolução da ONU 2199, proposta pela Rússia, que priva o Daesh de receber de capital, principalmente através da venda de gás, petróleo e peças com valor cultural", disse Feoktistov à RIA Novosti. 

    Rússia faz parte do grupo intergovernamental FATF, que atualmente está focado na contenção de financiamento de terroristas. 

    Mais:

    Rússia: padrões duplos no combate ao terrorismo persistem
    Ancara: vitória sobre terrorismo é impossível sem Rússia
    Tags:
    interação, grupo, cooperação, terroristas, ilegal, financiamento, luta, Daesh, Conselho de Segurança da ONU, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar