Caros leitores, com grande alegria anunciamos que a Voz da Rússia está mudando de nome e se mudando para um novo site. Nós agora seremos conhecidos como a agência de notícias e rádio Sputnik. Vocês podem encontrar todas as últimas notícias da nossa agência em http://br.sputniknews.com. Por favor, atualizem seus favoritos e fiquem conosco!
31 Janeiro 2015, 01:15

Hezbollah afirma que ataques são alerta para Israel

Hezbollah afirma que ataques são alerta para Israel

Os ataques feitos pelo Hezbollah que mataram dois soldados israelenses esta semana são um sinal de alerta a Israel, afirmou o líder do movimento libanês nesta sexta-feira (30). Segundo Hassan Nasrallah, Jerusalém irá pagar o preço por operações militares em países vizinhos.

Em discurso televisionado, Nasrallah afirmou que o Hezbollah não teve opção senão retaliar as mortes de seis milicianos do grupo e um general iraniano, que morreram em um ataque aéreo na cidade de Quneitra, há duas semanas. Israel não assume nem nega a autoria do ataque.

"Isto é para mostrar a Israel que eles não podem matar pessoas e se sentirem seguros", afirmou Nasrallah. "Desde a primeira hora ficou claro (...) que precisávamos responder."

As escaramuças entre o Hezbollah e Israel esta semana levantaram temores de que a violência poderia escalar novamente na região. Em 2006, um ataque do grupo a uma unidade de blindados israelenses levou a um conflito de 34 dias, e custou a vida de 1.110 libaneses e 165 israelenses.

Nesta sexta-feira (30), quando Nasrallah fez seu discurso, a tensão entre os dois lados já havia dissipado em grande medida, e um conflito não era mais iminente. Na quinta-feira (29), o ministro de Defesa israelense afirmou que o grupo libanês havia pedido um cessar fogo através de intermediários da ONU.

Fonte: Estadão Conteúdo

  •  
    E recomendar em