Caros leitores, com grande alegria anunciamos que a Voz da Rússia está mudando de nome e se mudando para um novo site. Nós agora seremos conhecidos como a agência de notícias e rádio Sputnik. Vocês podem encontrar todas as últimas notícias da nossa agência em http://br.sputniknews.com. Por favor, atualizem seus favoritos e fiquem conosco!
4 Dezembro 2014, 23:45

Cientistas: EUA sobrestimam suas reservas de gás de xisto

EUA, gas de xixto, previsão, cientistas

Foto de arquivo. Extração de gás de xixto

Foto de arquivo. Extração de gás de xixto

Ao prognosticar que as reservas de gás de xisto disponíveis nos EUA serão suficientes para os próximos cem anos, o governo do país exprime mais um desejo do que a realidade, acreditam os autores de um estudo publicado na revista Nature.

Em 2012, Barack Obama anunciou que o país dispõe das reservas de gás suficientes para pelo menos 100 anos. A autoridade norte-americana de informação em matéria de energia (US Energy Information Administration, ou EIA, na sigla em inglês) fez-lhe eco publicando previsões também otimistas. Seu diretor, Adam Sieminski, manifestou: "Não há dúvida alguma de que as taxas de produção vão continuar crescendo até 2040". É por essa razão que as empresas norte-americanas pretendem investir centenas de bilhões de dólares em projetos de produção de gás natural.

No entanto, a previsão de uma equipe de cientistas da Universidade do Texas, em Austin, é muito menos otimista. Os pesquisadores acreditam que a produção de gás nos EUA atingirá o seu auge em 2020 e depois disso deixará de ser rentável, levando à necessidade de mudar para as importações de outros países.

Em particular, Ted Patzek, chefe da Faculdade de Geologia e Minas da Universidade do Texas, afirma que os Estados Unidos, cujas empresas estão empenhadas agora em produzir rapidamente e exportar o gás de xisto em grandes quantidades, "enfrentam um grande fiasco".

  •  
    E recomendar em