Caros leitores, com grande alegria anunciamos que a Voz da Rússia está mudando de nome e se mudando para um novo site. Nós agora seremos conhecidos como a agência de notícias e rádio Sputnik. Vocês podem encontrar todas as últimas notícias da nossa agência em http://br.sputniknews.com. Por favor, atualizem seus favoritos e fiquem conosco!
8 Janeiro 2014, 12:28

Cientistas russos descobrem soro da juventude

Víbora-da-Birmânia (Azemiops feae)

Víbora-da-Birmânia (Azemiops feae)

Víbora-da-Birmânia (Azemiops feae)

Cientistas russos elaboraram um método para retardar o processo de envelhecimento. Investigadores do Instituto de Química Bioorgânica da Rússia encontraram em glândulas da víbora-da-Birmânia (Azemiops feae), que habita o Vietnã, substâncias com propriedades únicas, capazes de relaxar os músculos e diminuir consideravelmente a formação de rugas.

O chefe de laboratório do Instituto de Química Bioorgânica da Academia de Ciências da Rússia, Yuri Utkin, destaca:

“Investigando o veneno da víbora-da-Birmânia (Azemiops feae, em latim), uma espécie de serpente bastante rara, oferecida por colegas vietnamitas, conseguimos segregar uma toxina que bloqueia seletivamente a transmissão do impulso dos nervos aos músculos”.

Para testar a eficácia do preparado, cientistas russos utilizaram rãs africanas, implantando recetores em ovas não maduras desses anfíbios para esclarecer sua reação aos componentes do veneno. Durante uma experiência foi definido que a toxina relaxa perfeitamente os músculos. Um outro teste efetuado em ratos de laboratório confirmou essa suposição.

Na opinião dos cientistas, este preparado pode ser utilizado como um meio contra o envelhecimento. Os músculos da mímica facial são responsáveis pela formação de rugas. Se eles forem relaxados, será possível afrouxar este processo. Foi desenvolvido também um método para utilizar a substância em forma de creme, comunicou Igor Kocheverov, chefe de laboratório do Instituto de Química Bioorgânica da Academia de Ciências da Rússia:

“O pó na devida concentração é agregado numa base de creme. Em resultado, obtemos um creme ativo que diminui a formação de rugas faciais”.

Os testes dermatológicos em voluntários já começaram.  Se forem bem-sucedidos, este preparado poderá ser utilizado não apenas na cosmetologia. Componentes desta substância poderão servir de base para anestéticos eficientes.

  •  
    E recomendar em