Caros leitores, com grande alegria anunciamos que a Voz da Rússia está mudando de nome e se mudando para um novo site. Nós agora seremos conhecidos como a agência de notícias e rádio Sputnik. Vocês podem encontrar todas as últimas notícias da nossa agência em http://br.sputniknews.com. Por favor, atualizem seus favoritos e fiquem conosco!
29 Janeiro 2013, 18:35

Rússia criará bases habitáveis na Lua

Rússia criará bases habitáveis na Lua

A agência aeroespacial russa Roscosmos criará na Lua bases habitáveis. As estações poderão surgir dentro de 17 anos aproximadamente. Para sua criação serão usados água e material de construção que existem no satélite natural da Terra.

Se a expedição a Marte será dentro de dez anos, os vôos à Lua, e criação de base permanente lá, são tarefas perfeitamente viáveis já nos próximos anos. No satélite da Terra pode-se observar não apenas marcas da evolução, não apenas dele próprio, mas também de parte do Sistema Solar. Pois a Lua é única, neste sentido. Ela não tem atmosfera, tem atividade vulcânica e tectônica muito fraca. Por isso na Lua existem marcas de processos, que ocorreram há cerca de 4,5 bilhões de anos e eles podem ser estudados- assinala o colaborador do instituto astronômico Sternberg, Vladislav Shevchenko:

“A Lua já é considerada como objetivo para a solução de tarefas práticas. Na qualidade de infra-estrutura cósmica da Terra, a Lua nos próximos 10-20 anos poderá se tornar fonte de energia e de recursos materiais. Trata-se da energia solar, que na Lua será coletada e depois transformada em elétrica em ampla escala. Segundo: hoje os economistas falam de escassez de metais de terras raras, usado em altas tecnologias. Somente em dois anos o preço do quilo saltou de 10 para mais de cem dólares. Agora a China é monopolista neste campo e dita as condições no mercado mundial, e na Lua, como mostraram as últimas pesquisas, há regiões onde se pode encontrar metais do grupo da platina em grandes quantidades, que se aproximam da escala industrial”.

Na opinião do cientista, na primeira etapa de aproveitamento da Lua criarão lá bases robotizadas, automáticas. Elas serão atendidas por operadores, que trabalhem pelo método de turnos. E somente depois construirão estações habitáveis permanentemente. O homem é necessário na Lua e no cosmos em geral somente lá onde sem ele não se pode passar – salienta o dirigente científico do Instituto de política cósmica Ivan Moiseev:

“Se nós falamos de criação de bases na Lua esta é uma estratégia correta. As bases são necessárias para obter combustível e materiais de construção no cosmos. Porque é muito difícil levá-los da Terra. É necessário dominar a produção com materiais lunares.”

O eminente cientista russo, Vladimir Barmin, tratou diretamente do projeto da base Zvezda – a primeira base lunar no mundo, em seu burô de projetos. Entre seus colegas até mesmo surgiu o termo “Barmingrad”, ou seja, "Barminôpolis". Assim que já são conhecidas as particularidades das estações lunares. Segundo Vladislav Shevchenko, para garantir a segurança da tripulação contra a queda de meteoritos e radiações fortes, os blocos serão enterrados no solo lunar. As pesquisas anteriores mostraram que é um isolamento muito bom, que garante a segurança contra a radiação. Ou seja, a construção da base lunar não deverá começar do zero. Projetos técnicos sobre este tema já existem na Rússia e nos EUA.

  •  
    E recomendar em