Caros leitores, com grande alegria anunciamos que a Voz da Rússia está mudando de nome e se mudando para um novo site. Nós agora seremos conhecidos como a agência de notícias e rádio Sputnik. Vocês podem encontrar todas as últimas notícias da nossa agência em http://br.sputniknews.com. Por favor, atualizem seus favoritos e fiquem conosco!
Por Natalia Kovalenko
24 Junho 2012, 20:55

Rússia comanda manobras militares no Mar Báltico

Rússia comanda manobras militares no Mar Báltico

Nas águas do Mar Báltico estão a decorrer os exercícios navais internacionais FRUKUS – 2012. Sob o comando russo, navios militares da França, Grã-Bretanha, Rússia e dos EUA vão aperfeiçoar os princípios de interação em operações de salvamento e diversas manobras de combate.

Nos exercícios navais participam quatro navios de guerra, um de cada país. De 24 de junho a 1 de julho, o navio de escolta russo Yaroslav Mudri, o contratorpedeiro York da Grã-Bretanha, o cruzador norte-americano Normandia e o contratorpedeiro francês De Grasse irão aperfeiçoar ações em missões de combate e estabelecer a interação em operações de caráter humanitário. O representante oficial da Marinha russa comunicou o seguinte:

“Os exercícios compreenderão três etapas. A primeira etapa vai incluir a preparação de base e realizar-se-á no porto da cidade de Baltiisk (distrito de Kaliningrado, Rússia).

Na segunda etapa, que irá decorrer de 27 a 30 de junho, planeia-se treinar os mecanismos de saída dos navios da base naval e de ocupação do local de realização dos exercícios. Prosseguir-se-á com o treino dos elementos da parte naval dos exercícios, tais como a defesa contra um ataque de pequenos alvos, manobras conjuntas de navios, resposta a ataques aéreos, o aperfeiçoamento de tiros de artilharia, bem como resgate do vítimas no mar. Também será treinado o objectivo integrado de auxílio a um navio acidentado.

Na terceira etapa, os navios-participantes prosseguirão a navegação com o destino a São Petersburgo, onde os exercícios navais terminarão."

Segundo a apreciação do comandante-chefe da Marinha russa, os exercícios navais FRUKUS – 2012 têm grande relevância para o fortalecimento da confiança entre as frotas dos quatro países, o que permite alcançar um alto nível de entendimento na realização das operações humanitárias nas águas de mar e também combater as eventuais ameaças.

O quartel-general dos exercícios navais FRUKUS-2012 está instalado no Museu Central Naval em São Petersburgo, integrando representantes dos quatro países–participantes, embora o comando das operações esteja ao cargo da parte russa. Nos tempos livres, as tripulações dos navios irão participar em jogos de voleibol, natação, futebol, bowling e billiards. E no fim todos participarão na recepção solene em honra do Comandante-Chefe da Marinha Russa.

Estes exercícios realizaram-se pela primeira vez em 1988 sob a designação de RUKUS, de acordo com as primeiras letras dos nomes dos países–participantes: Rússia, Grã-Bretanha e EUA (R+UK+US). Em 2003 foi convidada a França. Desde então, os exercícios passaram a ser realizados em formato quadrilateral. Durante estes anos, as manobras foram se tornando cada vez mais complexas: passaram de simples conversações a treinos de quartel e, em 1996, começaram a incluir exercícios práticos no mar. Os exercícios realizam-se anualmente, de forma sucessiva num dos países-participantes.

  •  
    E recomendar em