17:23 26 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    4313
    Nos siga no

    O Centro Russo de Reconciliação para a Síria advertiu contra uma tentativa de acusar Damasco através de um ataque químico de bandeira falsa.

    Terroristas preparam um falso "ataque químico" na linha de contato nos assentamentos de Kansafra e Kdoura, Síria, a fim de acusar as tropas governamentais, disse Vadim Kulit, contra-almirante e vice-diretor do Centro Russo de Reconciliação para a Síria.

    Ele observou que durante um mês têm chegado à organização informações de várias fontes sobre a preparação pelos militantes do Tahrir al-Sham (organização terrorista proibida na Rússia e em vários outros países) de uma provocação com substâncias venenosas na parte sul da zona de desescalada de Idlib.

    "De acordo com as informações disponíveis, os terroristas estão planejando encenar um 'ataque químico' na linha de contato, nas áreas das cidades de Kansafra e Kdura, envolvendo a organização pseudo-humanitária Capacetes Brancos e recursos da mídia local em filmagens encenadas para acusar as forças do governo sírio de usar substâncias venenosas contra civis", disse Kulit em briefing.

    Ainda no início de junho, o contra-almirante revelou que Moscou havia recebido informações sobre os preparativos do mesmo grupo terrorista para conduzir provocações em Idlib usando substâncias tóxicas.

    Mais:

    Frente al-Nusra prepara novas 'provocações com substâncias químicas' na Síria, afirma MRE russo
    Terroristas estão preparando ataque de bandeira falsa na Síria, diz responsável russo
    Terroristas preparam provocações em Idlib, na Síria, usando substâncias venenosas, diz Rússia
    Tags:
    Rússia, Síria, Capacetes Brancos, Tahrir al-Sham, Hayat Tahrir al-Sham
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar