10:43 22 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    5917
    Nos siga no

    Militantes da Frente al-Nusra (organização terrorista proibida na Rússia e em vários outros países), supostamente acompanhados de aliados estrangeiros, foram vistos transportando foguetes com ogivas tóxicas para a linha da frente nas províncias sírias de Idlib e Hama.

    De acordo com a agência de notícias estatal SANA, citando fontes em Idlib, o grupo carregou ogivas contendo cloro e gás sarin - gás altamente tóxico - com a ajuda de cidadãos franceses e belgas, e de um cidadão marroquino.

    Foi informado que oito foguetes foram entregues usando duas ambulâncias em Al-Ghab, dentro da província de Hama, e na zona rural do sul de Idlib.

    Conforme indica a mídia síria, seria provável que os militantes mencionados estivessem planejando ataques químicos que, mais tarde, seriam reportados como culpa das forças governamentais do país.

    O conflito armado na Síria teve início em 2011, sendo que, até hoje, as forças sob o comando do presidente sírio Bashar al-Assad continuam lutando contra vários grupos insurgentes.

    Mais:

    Após saída do Afeganistão, Erdogan quer que forças dos EUA abandonem Síria e Iraque
    Pentágono: não foi possível confirmar identidades dos membros do Daesh mortos em ataque de drones
    Fumaça surge supostamente em base militar dos EUA no Iraque (VÍDEO)
    Tags:
    Síria, Idlib, Hama, Frente al-Nusra, foguetes, terrorismo, forças sírias
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar