21:23 23 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    10100
    Nos siga no

    A ajuda do Catar para palestinos estava suspensa por Tel Aviv depois dos conflitos ocorridos em maio. No total, 100 mil famílias palestinas receberão mesada do governo catariano.

    Na sexta-feira (20), Israel concordou em permitir a retomada da ajuda do Catar a milhares de famílias na Faixa de Gaza, em uma tentativa de aliviar as tensões com o território palestino após conflito de 11 dias em maio, segundo a Bloomberg.

    De acordo com a mídia, o pacto foi anunciado depois que o ministro da Inteligência do Egito, Abbas Kamel, visitou Israel para tentar manter o cessar-fogo que encerrou a violência em maio.

    Eu me encontrei com o ministro da Inteligência egípcio, Abbas Kamel. Discutimos vários tópicos, incluindo a necessidade de manter a estabilidade regional e os esforços de contraterrorismo. Agradeci a ele pelo papel positivo do Egito na região e pedi que minha gratidão fosse expressa ao presidente Al-Sisi.

    Anteriormente, após o confronto, Tel Aviv havia bloqueado os pagamentos sob o argumento de que o dinheiro poderia cair na mão do Hamas. Agora, com o novo acordo, a ONU vai transferir o dinheiro do Catar para as contas bancárias das famílias de Gaza, de acordo com ministro da Defesa israelense, Benny Gantz. Entretanto, Israel supervisionará a lista de destinatários.

    No total, 100 mil famílias receberão uma mesada de US$ 100 (R$ 540) a partir de setembro, de acordo com a mídia. Mais da metade dos dois milhões de habitantes de Gaza vivem abaixo da linha da pobreza, segundo dados do governo palestino.

    Palestinos sentam-se sobre os escombros de prédio destruído após o cessar-fogo no conflito entre Israel e o Hamas, Faixa de Gaza, 21 de maio de 2021
    © REUTERS / Mohammed Salem
    Palestinos sentam-se sobre os escombros de prédio destruído após o cessar-fogo no conflito entre Israel e o Hamas, Faixa de Gaza, 21 de maio de 2021

    No último confronto entre Tel Aviv e a Faixa de Gaza, ocorrido em maio, 219 palestinos morreram e 1.530 ficaram feridos. Do lado israelense, 12 pessoas faleceram e 50 ficaram feridas, conforme divulgado pelo infográfico da Sputnik Brasil.

    Mais:

    Israel usou enxames de drones de IA em conflito com Gaza e pode repetir caso precise com Hezbollah
    Sirenes de alerta soam em Israel próximo da fronteira de Gaza, segundo FDI
    Israel bombardeia Faixa de Gaza em resposta ao lançamento de balões incendiários (VÍDEO)
    Tags:
    israel, Catar, faixa de gaza, palestinos, Egito
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar