23:33 23 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    5835
    Nos siga no

    Uma investigação conduzida pelo Comando Central dos EUA concluiu que o Irã foi o responsável pelo ataque que matou dois tripulantes do navio Mercer Street.

    O Comando Central dos EUA (Centcom, na sigla em inglês) disse nesta sexta-feira (6), que os Estados Unidos concluíram que o drone que atacou o Mercer Street, petroleiro administrado pelo bilionário israelense Eyal Ofer, na costa de Omã foi fabricado no Irã.

    "Especialistas americanos concluíram com base nas evidências de que o veículo aéreo não tripulado [UAV, sigla em inglês] foi produzido no Irã", disse o Centcom em um comunicado à imprensa.

    Ataque ao navio Mercer Street

    Em 30 de julho, o petroleiro Mercer Street foi atacado por um drone equipado com um explosivo militar, matando dois tripulantes: o comandante do navio, um cidadão romeno, e um segurança britânico.

    Na ocasião, Teerã negou categoricamente ter algo a ver com o ataque ao Mercer Street no golfo de Omã. O Centcom acrescentou que o petroleiro foi alvo de dois ataques de drones mal sucedidos ainda no dia anterior.

    O Reino Unido e Israel apoiam as conclusões dos EUA em sua investigação do ataque, disse o comunicado.

    Petroleiro Mercer Street, atacado ao largo da costa de Omã, perto dos Emirados Árabes Unidos, 3 de agosto de 2021
    © REUTERS / Rula Rouhana
    Petroleiro Mercer Street, atacado ao largo da costa de Omã, perto dos Emirados Árabes Unidos, 3 de agosto de 2021

    O secretário de Estado dos EUA, Antony Blinken, disse na semana passada que os três países se consultaram para determinar uma resposta apropriada contra o Irã.

    Israel, Reino Unido, Libéria e Romênia, em duas cartas separadas ao Conselho de Segurança da ONU, disseram acreditar que o Irã foi o responsável pelo ataque. O Irã, por sua vez, disse que não recebeu nenhuma prova de seu envolvimento no ataque.

    Mais:

    Israel culpa comandante de unidade de drones do Irã por ataque a petroleiro
    Irã qualifica de 'guerra psicológica' alegações de sua responsabilidade por ataques a petroleiros
    Irã afirma controlar movimento de navios no golfo Pérsico após 2 ataques a petroleiros
    Tags:
    Mercer, navio, EUA, Irã, Israel, Reino Unido, ataque, petroleiro
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar