17:01 31 Julho 2021
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    0 13
    Nos siga no

    A Autoridade do Canal de Suez, que manteve o navio e sua tripulação em um lago entre dois trechos da hidrovia desde que foi desalojado em 29 de março, exigia uma indenização ao dono da embarcação.

    O proprietário do gigante cargueiro Ever Given, que encalhou no canal de Suez, chegou a um acordo oficial com a Autoridade do Canal de Suez (SCA, na sigla em inglês) em relação à compensação pelo bloqueio da hidrovia em março, disse a seguradora do navio UK Club.

    "O UK Club tem o prazer de anunciar que, seguindo o acordo de princípio entre as partes, e após novas reuniões com o comitê de negociação da Autoridade do Canal de Suez e numerosas audiências em tribunal, foram feitos progressos bons e uma solução formal foi agora acordada. Preparativos para a liberação da embarcação serão feitos e um evento marcando o acordo será realizado na sede da Autoridade em Ismailia [Egito] em tempo oportuno", afirmou a seguradora em comunicado divulgado neste domingo (4).

    No final de junho, as partes envolvidas haviam chegado a um acordo de princípio, porém o negócio ainda precisava ser finalizado para que o navio pudesse ser liberado. O Ever Given permanece atualmente ancorado na área do Grande Lago Amargo, que é a seção mais ampla do canal, com sua tripulação de 23 homens a bordo.

    No Egito, o navio cargueiro Ever Given, encalhado no canal de Suez, é visto durante a noite, em 27 de março de 2021
    © REUTERS / Mohamed Abd El Ghany
    No Egito, o navio cargueiro Ever Given, encalhado no canal de Suez, é visto durante a noite, em 27 de março de 2021

    Encalhamento durou 6 dias

    Em 23 de março, o cargueiro Ever Given ficou preso no canal de Suez, bloqueando o tráfego em ambas as direções da hidrovia. O navio possui 400 metros de comprimento e 59 metros de largura.

    A embarcação com bandeira do Panamá encalhou depois de se desviar da rota devido a ventos fortes no canal de Suez. Ao menos, 150 navios carregados de petróleo, peças automobilísticas e bens de consumo se acumularam em ambos os lados da via marítima.

    Após dias de esforços de dragagem e reboque, o navio foi totalmente reflutuado em 29 de março, desbloqueando o canal.

    Um tribunal egípcio determinou que o navio Ever Given fosse confiscado até que a empresa proprietária do navio pagasse US$ 900 milhões (aproximadamente R$ 4,5 bilhões) à SCA por despesas de salvamento e manutenção, bem como taxas de tráfego perdidas pelo bloqueio.

    Mais:

    Dono do Ever Given pede desculpas ante chance de levar semanas para desencalhá-lo do canal de Suez
    Navio Ever Given é reflutuado abrindo espaço para trânsito marítimo no canal de Suez (VÍDEO)
    Capitão do navio Ever Given é culpado do bloqueio do canal de Suez, revela investigação
    Outro navio encalha no Canal de Suez, mas navegação não é afetada
    Tags:
    Egito, Canal de Suez, tráfego, navio, comércio, embarcação, navio cargueiro
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar