06:03 03 Agosto 2021
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    6181
    Nos siga no

    Na terça-feira (29) a emissora afegã 1TV, citando um porta-voz militar dos EUA, informou que a maior base militar dos EUA no Afeganistão, a base aérea de Bagram, seria entregue às forças de segurança afegãs.

    As forças dos EUA deixaram a base aérea de Bagram, no Afeganistão, afirmou Jennifer Griffin, correspondente do canal Fox News.

    ​Um alto funcionário americano me disse que todas as forças norte-americanas deixaram a Base Aérea de Bagram - a principal base aérea militar dos EUA, localizada uma hora a norte de Cabul.

    Em 2001 os EUA e seus aliados da OTAN iniciaram uma operação militar no Afeganistão no quadro da Operação Liberdade Duradoura - em resposta aos ataques de 11 de setembro de 2001. Em 1º de janeiro de 2015, a missão Apoio Resoluto substituiu a operação de combate.

    A agência Associated Press citou uma fonte segundo a qual o general Austin S Miller, comandante das tropas dos EUA no Afeganistão "ainda mantém todas as capacidades e autoridade para proteger as forças".

    Cerimônia de transferência em Camp Anthonic, do Exército dos EUA, para as Forças de Defesa Afegãs na província de Helmand, Afeganistão , 2 de maio de 2021.
    © REUTERS / Gabinete de Imprensa do Ministério da Defesa dos EUA
    Cerimônia de transferência em Camp Anthonic, do Exército dos EUA, para as Forças de Defesa Afegãs na província de Helmand, Afeganistão , 2 de maio de 2021.

    No final de junho foi relatado que os EUA poderiam concluir a retirada em poucos dias, mas cerca de 1.000 soldados vão permanecer para proteger o aeroporto e a presença diplomática dos EUA.

    Em fevereiro de 2020, Washington e o movimento Talibã (grupo terrorista proibido na Rússia e em outros países) assinaram um acordo de paz que estipulou, entre outras coisas, a retirada de todas as forças armadas estrangeiras do Afeganistão, em troca de o Talibã diminuir a violência e garantir que o país não se tornaria um refúgio seguro para grupos terroristas.

    Mais:

    Retirada de tropas americanas do Afeganistão é 'derrota' dos EUA, diz especialista
    Conflito no Afeganistão: analistas explicam o que poderá acontecer após retirada das tropas dos EUA
    Retirada do Afeganistão: 'Para combater Talibã, ataques aéreos dos EUA podem continuar' diz analista
    Tags:
    Talibã, Oriente Médio, Afeganistão, tropas estrangeiras, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar