05:59 03 Agosto 2021
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    159
    Nos siga no

    O investigador da ONU sobre direitos humanos no Irã apelou para uma investigação das execuções, ordenadas pelo Estado iraniano, de milhares de prisioneiros políticos em 1988, e sobre o papel que despenhou no caso o presidente eleito, Ebrahim Raisi.

    Javaid Rehman informou que durante os últimos anos seu gabinete recolheu testemunhos e evidências. O investigador mostrou sua disposição para compartilhar as informações se o Conselho de Direitos Humanos da ONU ou outra entidade organizar uma investigação imparcial, de acordo com a Reuters.

    O investigador disse que está preocupado com os relatórios informando que algumas "valas comuns" estão sendo destruídas como parte de um encobrimento contínuo do caso.

    "Acredito que a hora chegou e é muito importante agora, como o sr. Raisi é o presidente, de começarmos a investigar o que aconteceu em 1988 e o papel dos indivíduos", afirmou Rehman.

    A investigação está entre os interesses do Irã e pode trazer um desfecho do caso às famílias, disse o investigador. "Caso contrário, teremos preocupações muito sérias sobre este presidente e o papel relatado que desempenhou historicamente naquelas execuções."

    Rehman disse que seu gabinete entrou em contato com o Irã, devido às preocupações sobre suposta orientação para destruição de sepulturas. "Vou defender que a justiça seja feita", afirmou.

    Raisi está sob sanções dos Estados Unidos por seu passado, que, segundo os EUA e ativistas, inclui envolvimento como um dos quatros juízes que supervisionaram as mortes em 1988. A ONG Anistia Internacional reportou a execução de pelo menos cinco mil pessoas.

    Em 3 de agosto, Raisi tomará posse como o presidente do Irã, substituindo Hassan Rouhani.

    Mais:

    Biden afirma que Irã nunca conseguirá obter armas nucleares durante sua administração
    EUA divulgam VÍDEO de ataques aéreos conduzidos contra 'milícias sírias apoiadas pelo Irã'
    Base militar norte-americana no leste da Síria sofre ataque de foguetes (VÍDEO)
    Biden ordenou ataques a milícias apoiadas pelo Irã para parar escalada de tensões, diz Casa Branca
    Tags:
    Hassan Rouhani, crime, assassinato, investigação, ONU, presidente, Irã
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar