12:02 05 Agosto 2021
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    6633
    Nos siga no

    Foguetes atingiram a base militar dos EUA perto do campo petrolífero de Omar, na província de Deir ez-Zor, no leste da Síria, nesta segunda-feira (28).

    Segundo fontes do canal de televisão estatal do país, forças militares aéreas estão patrulhando a região atingida, perto de onde o ataque aconteceu.

    Os relatos locais apontam que pelos menos oito foguetes caíram na base militar em causa. Contudo, a identidade dos responsáveis pelo ataque ainda é desconhecida.

    Mais tarde, a coalizão liderada pelos EUA confirmou que, de fato, ocorreu um ataque à base militar estadunidense no local em questão.

    Imagens do incidente se encontram circulando nas redes sociais.

    Este ataque poderia ser uma resposta ao último e mais recente incidente de natureza semelhante. No domingo passado (27), as forças militares dos EUA conduziram ataques aéreos defensivos de precisão contra instalações utilizadas por grupos de "milícias apoiadas pelo Irã" na região fronteiriça entre o Iraque e a Síria, informou o Pentágono.

    Antony Blinken, secretário de Estado dos EUA, disse que Washington  tomou "ações necessárias, apropriadas e deliberadas, destinadas a limitar o risco de escalada [do conflito], mas também para enviar uma mensagem dissuasora clara e ambígua. Esta ação é de legítima defesa, fazendo o que é necessário para evitar novos ataques, e acho que envia uma mensagem muito importante e forte e eu espero muito que seja recebida".

    Resposta norte-americana

    Horas após o ataque à base militar dos EUA, os norte-americanos responderam com fogo de artilharia contra posições de lançamento dos foguetes, afirmou o porta-voz da Coalizão Internacional, coronel Wayne Marotto.

    ​Atualização: as Forças dos EUA na Síria, enquanto sob ataque de múltiplos foguetes, agiram em autodefesa e conduziram fogo de artilharia nas posições de lançamento de foguetes.

    Mais:

    Sem ajuda dos EUA, 'Daesh teria sido eliminado há muito tempo', diz MRE da Síria
    Chefe da Guarda Revolucionária do Irã afirma que o país possui drones com alcance de 7.000 km
    EUA bombardeiam 'milícias apoiadas pelo Irã' na fronteira entre Iraque e Síria (VÍDEO)
    Tags:
    Síria, EUA, Deir ez-Zor, ataque aéreo, foguetes
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar