07:24 14 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    0 211
    Nos siga no

    Os exercícios envolverão órgãos governamentais importantes, como o Ministério da Defesa, a Autoridade Nacional de Emergência e o Ministério das Relações Exteriores.

    Neste domingo (9), as Forças de Defesa de Israel (FDI) estão lançando o maior exercício de sua história, de acordo com Kan News.

    Para durar um mês inteiro, o exercício massivo chamado Carruagens de Fogo contará com o Exército israelense, a Marinha e a Força Aérea praticando combate e cenários de emergência em todas as regiões. 

    Os exercícios envolverão forças regulares e de reserva das FDI de todos os comandos e forças. Embora o treinamento pratique uma manobra sincronizada e de varredura nas "profundezas do território inimigo", também se concentrará no funcionamento tanto dentro das FDI como entre organizações, envolvendo a assistência civil.

    Incêndios e manobras em áreas construídas também são citados como estando na pauta dos exercícios. 

    É a primeira vez, desde que o Exército israelense foi fundado, que as forças estarão simulando um "mês de guerra" para aumentar a prontidão das FDI, segundo a mídia.

    De acordo com a Kan, o chefe do Estado-Maior, Aviv Kohavi, optou por prosseguir com os planos de conduzir os exercícios Carruagens de Fogo apesar das tensões crescentes em Jerusalém Oriental.

    O país vem enfrentando um intenso conflito civil entre a polícia israelense e palestinos ao longo de toda semana, deixando mais de 200 palestinos e 17 policiais israelenses feridos. Vários países se manifestaram contra o uso da força pesada por parte do Estado judeu.

    Confronto entre manifestantes palestinos e policiais israelenses na Cidade Velha de Jerusalém, na noite de 8 de maio de 2021
    © REUTERS / RONEN ZVULUN
    Confronto entre manifestantes palestinos e policiais israelenses na Cidade Velha de Jerusalém, na noite de 8 de maio de 2021

    O Ministério das Relações Exteriores da Rússia exortou neste sábado (8) as partes em conflito em a evitarem uma nova escalada de violência na região. "Pedimos a todas as partes que se abstenham de quaisquer medidas que possam provocar uma escalada da violência", disse o comunicado da chancelaria russa.

    Mais:

    Turquia acusa Israel de gerar 'terror' em operação policial contra palestinos na mesquita de Al-Aqsa
    Mais de 200 palestinos ficam feridos em confrontos em Jerusalém Oriental
    Confronto entre israelitas e palestinos termina com 15 presos em Jerusalém Oriental (VÍDEOS)
    Tags:
    exercícios militares, Benny Gantz, Forças de Defesa de Israel (FDI), Israel
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar