22:28 23 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    0 140
    Nos siga no

    O presidente de Israel, Reuven Rivlin, convocou nesta quarta-feira (5) o notório jornalista Yair Lapid, membro do partido Yesh Atid, para formar um novo governo.

    O presidente Reuven Rivlin disse que confia no líder do partido Yesh Atid, o jornalista Yair Lapid, para formar um governo, principalmente após o mandato do primeiro-ministro Benjamin Netanyahu ter terminado na noite de ontem (4) sem uma coalizão sendo formada.

    O primeiro-ministro não conseguiu chegar a um acordo com Naftali Bennett, presidente do partido de direita Yamina. Com isso, o presidente israelense, Reuven Rivlin, deu a Yair Lapid um mandato para formar um novo governo.

    Lapid agora tem 28 dias para construir uma coalizão, que será concluída em 2 de junho. Ele disse que formaria um governo em que o presidente da Yamina, Naftali Bennett, fizesse um rodízio com ele no gabinete do primeiro-ministro. As informações foram confirmadas pelo Jerusalem post. 

    Israel encontra-se em meio a diversas incertezas políticas nos últimos anos. Em função de seu sistema eleitoral, foram quatro pleitos para o Knesset (o parlamento do Estado judeu) em apenas dois anos.

    "É claro que o membro do Knesset Yair Lapid tem a chance de formar um governo que ganhe a confiança do Knesset, mesmo que tenhamos muitos dificuldades", afirmou Rivlin.

    Yesh Atid precisa garantir o apoio de 61 dos 120 legisladores para uma nova coalizão, ou o novo parlamento terá que ser dissolvido novamente, levando o país a mais um turno eleitoral.

    Na última eleição, o partido Likud, de Netanyahu, garantiu 30 cadeiras. O Yesh Atid, de Lapid, veio logo atrás, com 17 assentos, seguido pelo partido religioso Shas, que teve nove parlamentes.

    Primeiro ministro israelense, Benjamin Netanyahu, chefia sessão de votação no parlamento israelense, o Knesset, em Jerusalém (foto de arquivo)
    © AP Photo / Sebastian Scheiner
    Primeiro ministro israelense, Benjamin Netanyahu, chefia sessão de votação no parlamento israelense, o Knesset, em Jerusalém (foto de arquivo)

    Mais:

    FDI poderão 'responder com força' se ataques de Gaza perdurarem, diz gabinete de segurança de Israel
    Governo de Israel pratica 'apartheid e perseguição' contra palestinos, afirma Human Rights Watch
    EUA e Israel acordam criar frente para conter avanço militar do Irã, informa mídia
    Tags:
    Benjamin Netanyahu, Reuven Rivlin, Yesh Atid, Yair Lapid, israelense, Knesset, eleições, israel
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar