09:09 16 Maio 2021
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    152
    Nos siga no

    Os EUA começaram a retirar tropas do Afeganistão e, para garantir a segurança, o contingente norte-americano aumentará no estágio inicial desta operação, disse a porta-voz da Casa Branca, Karine Jean-Pierre, a repórteres nesta quinta-feira (29).

    "A retirada das tropas está em andamento", informou a porta-voz.

    Ela lembrou que, por ordem do Pentágono, um contingente adicional de militares norte-americanos está sendo enviado à região para garantir a segurança das tropas dos EUA e de seus aliados durante a retirada.

    "Nas próximas semanas e meses, o Comando Central das Forças Armadas avaliará a situação para a segurança necessária dos militares dos EUA e, se necessário, poderá enviar recursos adicionais de ou para o Afeganistão", disse a porta-voz da Casa Branca.

    Karine Jean-Pierre enfatizou que a retirada das tropas, que está programada para ser concluída antes da data de 11 de setembro, não será precipitada, mas ocorrerá de maneira metódica e segura.

    Um soldado do Exército dos EUA com a Charlie Company, 36º Regimento de Infantaria, 1ª Divisão Blindada no distrito de Maiwand, em serviço na província de Kandahar, no Afeganistão.
    © REUTERS / Andrew Burton
    Um soldado do Exército dos EUA com a Charlie Company, 36º Regimento de Infantaria, 1ª Divisão Blindada no distrito de Maiwand, em serviço na província de Kandahar, no Afeganistão

    Anteriormente, a administração dos EUA anunciou que em 1º de maio começará e em 11 de setembro concluirá a retirada das tropas do Afeganistão em plena coordenação com os seus aliados.

    Em 2020, os Estados Unidos e o Talibã (organização terrorista proibida na Rússia e em vários outros países) assinaram em Doha o primeiro acordo de paz em mais de 18 anos de guerra. O acordo prevê a retirada das tropas estrangeiras do Afeganistão em 14 meses e o início de um diálogo no país árabe após a troca de prisioneiros. Desde a assinatura do acordo, o Talibã acusou repetidamente Washington de violar o acordo.

    Mais:

    CIA alerta: saída do Afeganistão é 'risco significativo'
    Talibã vê adiamento da retirada das tropas dos EUA do Afeganistão como violação do acordo de Doha
    China pode enviar forças de paz ao Afeganistão após retirada de tropas dos EUA, diz mídia
    Saída dos EUA do Afeganistão teria como meta liberar recursos para enfrentar China
    Tags:
    Casa Branca, Talibã, tropas, EUA, Afeganistão
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar