03:31 12 Maio 2021
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    0 92
    Nos siga no

    Segundo informações atualizadas, o número de vítimas no hospital iraquiano de Ibn Al-Khatib aumentou para 82, 110 pessoas ficaram feridas, escreve mídia citando fontes do Ministério do Interior do país.

    Recentemente Ali al-Bayati, membro do Alto Comissariado para Direitos Humanos local, informou sobre 58 vítimas mortais na sequência do incêndio em um hospital iraquiano que tratava doentes com o novo coronavírus.

    De acordo com a mídia, o incêndio foi causado pela explosão de um botijão de oxigênio e a maioria das mortes foi provocada por inalação de monóxido de carbono (CO).

    Primeiro-ministro do Iraque, Mustafa al-Kazemi, ordenou a detenção de vários administradores do hospital durante o período de investigação.

    Hospital Ibn Khatib, em Bagdá, após evacuação de pacientes devido a incêndio ocorrido neste sábado, 24 de abril de 2021
    Hospital Ibn Khatib, em Bagdá, após evacuação de pacientes devido a incêndio ocorrido neste sábado, 24 de abril de 2021
    Testemunhas ouvidas pela AFP disseram que a explosão teria ocorrido em uma unidade de tratamento intensivo para vítimas da COVID-19.

    Mais:

    Explosões na Guiné Equatorial deixaram ao menos 17 mortos
    Médicos realizam cirurgia de coração durante incêndio em hospital na Rússia (FOTOS, VÍDEO)
    Incêndio em hospital da COVID-19 mata 13 pacientes na Índia (VÍDEO)
    Tags:
    COVID-19, hospital, Oriente Médio, Iraque, incêndio
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar