10:30 27 Julho 2021
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    22623
    Nos siga no

    Uma entrada planejada de navios de guerra norte-americanos nestes dias pelo estreito de Bósforo não foi realizada, em meio a tensões geopolíticas na região entre a Rússia e a OTAN.

    Os EUA cancelaram o destacamento de dois navios de guerra no mar Negro, previsto para quarta-feira (14) e quinta-feira (15).

    Não foi adiantada uma razão para este passo. Segundo fontes citadas pela agência Reuters, o Ministério das Relações Exteriores da Turquia foi notificado sobre a ação, e Ancara costuma aprovar os pedidos de Washington. Mevlut Cavusoglu, chanceler turco, confirmou na quinta-feira (15) que os EUA suspenderam a entrada das embarcações no mar Negro.

    Funcionários norte-americanos afirmaram anteriormente que "a notificação inicial e o destacamento nunca foram confirmados".

    Era planejado que os navios de guerra norte-americanos permanecessem no mar Negro até 4 e 5 de maio.

    "Continuamos monitorando a situação na região com muito cuidado. Estamos cientes dos relatos sobre os navios, mas, por razões de segurança, não discutimos estes tipos de detalhes operacionais. Operamos regularmente no mar Negro e em muitas outras áreas de toda a região, o que faz tudo parte de nosso compromisso contínuo e da segurança de nossos aliados e parceiros da OTAN", disse o Pentágono no final da quarta-feira (14).

    O Departamento de Defesa dos EUA acrescentou que não houve nenhuma mudança na capacidade operacional dos EUA ou na postura de dissuasão.

    As tensões entre a OTAN e a Rússia tem aumentado com o frequente destacamento de navios de guerra e aviões da Aliança Atlântica nos últimos anos, levando Moscou na quarta-feira (14) a enviar para treinamento uma fragata, corvetas de mísseis, uma embarcação de mísseis, um navio caça-minas, bem como grandes navios de desembarque em resposta, e a exortar os EUA e aliados a se afastarem da Crimeia e da sua costa do mar Negro.

    De acordo com a agência turca Anadolu, o Ministério das Relações Exteriores da Turquia atualmente não está a par de novas passagens planejadas.

    Mais:

    Ucrânia recebe ajuda do Reino Unido para construção de navios de guerra, diz mídia
    Rússia alerta Turquia e outros países para que parem de elevar tensões na Ucrânia, diz Lavrov
    Ex-chefe do Pentágono pede mais tropas dos EUA no mar Negro para 'continuar enfrentando a Rússia'
    Tags:
    Departamento de Defesa dos EUA, Pentágono, OTAN, mar Negro, Rússia, Ministério das Relações Exteriores, Anadolu, Reuters, Estreito de Bósforo, Turquia, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar