14:25 17 Abril 2021
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    1310
    Nos siga no

    A administração Biden teria adotado medidas alternativas para auxiliar a Arábia Saudita a se defender dos houthis, apesar de o presidente democrata ter declarado o fim do apoio norte-americano na guerra no Iêmen.

    Segundo reporta o jornal The Wall Street Journal, a administração Biden teria formado a chamada Equipe Tigre, com o objetivo de ajudar o reino saudita a defender sua infraestrutura de ataques do movimento houthi.

    Esta equipe, composta por especialistas de defesa, estaria estudando "a venda de armamento defensivo específico, como interceptores de mísseis; expandir a partilha de inteligência; treinamento adicional; e programas de intercâmbio militar", segundo a reportagem.

    As autoridades do Pentágono sublinharam o desejo de mandar uma mensagem aos houthis em como os EUA se mantêm firmes na defesa contra os recentes ataques ao reino saudita.

    Na quinta-feira (1º), um dos porta-vozes do movimento iemenita afirmou que os houthis lançaram quatro drones para atingir "alvos importantes" na capital saudita de Riad.

    Em fevereiro deste ano, o presidente Joe Biden tomou a decisão de suspender a classificação dos houthis como grupo terrorista, tendo esta sido atribuída pelo ex-presidente Donald Trump durante seu mandato. Porém, Abdullah Al-Muallami, representante permanente do reino saudita na Organização das Nações Unidas (ONU), reiterou que Riad continuará considerando o movimento uma entidade terrorista.

    Mais:

    Ex-agente das FDI diz que Irã exigirá bastante 'até concordar em se juntar às negociações' com EUA
    EUA tentam reviver conversações com Irã através de aliados, aponta mídia norte-americana
    EUA querem promover pacto entre Israel e Arábia Saudita se Riad adotar os 'valores norte-americanos'
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar