07:08 31 Julho 2021
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    136
    Nos siga no

    Nesta terça-feira (30), dois corredores humanitários foram bloqueados na Síria após sofrerem bombardeios de militantes.

    As rotas são utilizadas como forma segura de deslocamento para civis. As informações sobre os ataques foram divulgadas pela agência SANA nesta terça-feira (30). Os dois corredores humanitários na Síria foram bloqueados depois que grupos militantes bombardearam as rotas.

    Ainda de acordo com a mídia local, os militantes atacaram corredores humanitários na região de Saraqeb, na província de Idlib, e na cidade de Al-Bab, na região nordeste de Aleppo.

    Mulheres em protesto na rodovia M4 na província de Idlib, Síria, 15 de março de 2020
    © REUTERS / Khalil Ashawi
    Mulheres em protesto na rodovia M4 na província de Idlib, Síria, 15 de março de 2020

    No final de 2017, o governo sírio recuperou o controle da maioria dos territórios que haviam sido tomados por terroristas, no entanto, as operações contra os militantes ainda continuam em algumas áreas do país.

    A região de Idlib, em particular, é tida como o último reduto de militantes na Síria, já que partes da província são controladas pelo Tahrir al-Sham, antes conhecido como Frente al-Nusra (organização terrorista proibida na Rússia e em diversos países).

    Mais:

    Erdogan aponta Síria como responsável por foguetes lançados no sul da Turquia (VÍDEO)
    Forças Armadas turcas 'contra-atacam' Síria após foguetes caírem no território da Turquia
    Helicóptero Ka-226 é observado pela 1ª vez em ação na Síria (VÍDEO)
    Tags:
    Síria, Idlib, Aleppo
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar