16:38 27 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    255
    Nos siga no

    A ONU parabenizou a nova iniciativa de paz da Arábia Saudita para acabar com a guerra no Iêmen, que se alinha com os esforços do próprio organismo mundial, disse o porta-voz Farhan Haq.

    O plano da Arábia Saudita inclui um cessar-fogo nacional sob supervisão da ONU e a reabertura das ligações aéreas e marítimas, disse o ministro das Relações Exteriores da Arábia Saudita nesta segunda-feira (22).

    Haq também disse que o enviado especial da ONU, Martin Griffiths, entrará em contato com todas as partes relevantes, incluindo os houthis, para explorar se as Nações Unidas podem avançar na iniciativa saudita.

    Houthis que combatem no Iêmen.
    © AP Photo / Hani Mohammed
    Houthis que combatem no Iêmen

    Os houthis disseram que a oferta não parece ir tão longe, pelo menos o suficiente para suspender o bloqueio.

    A iniciativa, anunciada pelo chanceler saudita, príncipe Faisal bin Farhan Al Saud, incluiria a reabertura do aeroporto de Sanaa e permitiria a importação de combustíveis e alimentos pelo porto de Al Hudeida, ambos controlados pelos houthis, alinhados com o Irã.

    As negociações políticas entre o governo saudita e os houthis serão retomadas, disse o príncipe.

    O governo iemenita acolheu a oferta, mas os houthis disseram que a iniciativa não traz "nada de novo", pois não atende à demanda da retirada total do bloqueio ao aeroporto de Sanaa e ao porto de Hodeidah.

    Mais:

    Irã acusa EUA de lucrar com 'comércio de sangue' vendendo armas à Arábia Saudita usadas contra Iêmen
    EUA e potências europeias condenam ataques houthis no Iêmen: 'Terrível crise humanitária'
    Houthis do Iêmen afirmam ter atacado instalação da Saudi Aramco na Arábia Saudita com drones
    Tags:
    Iêmen, ONU, Arábia Saudita, guerra, Crise, cessar-fogo, conflito, relações exteriores
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar