22:37 11 Abril 2021
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    392
    Nos siga no

    O porta-voz do Ministério das Relações Exteriores do Irã, Saeed Khatibzadeh, apelou a Washington para dar um basta às sanções anti-iranianas e garantir que os erros do ex-presidente dos EUA nunca se repetirão.

    "Os Estados Unidos devem cancelar as sanções contra o Irã e dar garantias de que os erros de Trump nunca mais acontecerão, e assim nós poderemos negociar no âmbito do JCPOA [Plano de Ação Global Conjunto]", afirmou o porta-voz do MRE iraniano nesta segunda-feira (15) a jornalistas, citado pela Reuters, referindo-se ao acordo nuclear de 2015.

    O anúncio surgiu após o presidente dos EUA, Joe Biden, ter dito no mês passado que a Casa Branca não cancelaria as sanções contra Teerã para reviver as negociações sobre o JCPOA e que o Irã deve parar suas atividades de enriquecimento de urânio.

    A nação persa insiste que cabe aos EUA cancelar as sanções, uma vez que foi Washington que decidiu descumprir primeiro e sair do acordo em 2018. No entanto, os Estados Unidos seguem reafirmando que Irã deve primeiro sinalizar seu compromisso com o JCPOA, diminuindo o nível de enriquecimento de urânio e atividades de armazenamento.

    Os Estados Unidos intensificaram a tensão econômica sobre o Irã desde que o então presidente Donald Trump anunciou a saída unilateral de Washington do JCPOA em 2018. Durante a administração Trump, foram impostas 77 rodadas de sanções relacionadas ao Irã, visando milhares de indivíduos e entidades.

    Mais:

    Casa Branca tenta evitar confrontação pública com Israel em relação a Irã, diz enviado dos EUA
    Irã copia novo navio de base avançada dos EUA, que será um dos maiores no mundo, diz mídia
    Chancelarias de EUA e França trocam impressões sobre China, Irã e Rússia
    Tags:
    JCPOA, sanções, EUA, Irã
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar