02:48 24 Julho 2021
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    41335
    Nos siga no

    Ainda não há detalhes sobre as causas do ataque e nenhum indivíduo ou grupo assumiu a autoria do ato. O navio foi ligeiramente danificado por um objeto explosivo, mas ninguém a bordo ficou ferido.

    A mídia iraniana divulgou na sexta-feira (12) um vídeo que teria sido gravado logo após o ataque "terrorista" de 10 de março, que danificou o navio de contêineres iraniano Shahr-E-Kord, da empresa de navegação estatal IRISL.

    As imagens divulgadas mostram fumaça saindo da frente do navio. Além disso, parece que a possível explosão teria destruído um dos contêineres a bordo.

    ​De acordo com o porta-voz da IRISL, Ali Ghiasian, ninguém a bordo ficou ferido. "Tais atos terroristas equivalem à pirataria naval e são contrários ao direito internacional sobre segurança marítima comercial, e ações legais serão tomadas para identificar os perpetradores por meio de instituições internacionais relevantes", acrescentou o porta-voz.

    A embarcação tinha como destino a Europa quando ocorreu o ataque e deve continuar o seu itinerário após os reparos. O incidente ocorre duas semanas depois que um navio mercante, de um empresário israelense, mas com bandeira das Bahamas, sofreu uma explosão enquanto atravessava o golfo de Omã. A companhia identificou o navio como sendo o MV Helios Ray e os 28 tripulantes a bordo não sofreram danos pessoais.

    Mais:

    Blinken nega que Seul está liberando verba de sanções ao Irã: não há dinheiro sem cooperação
    Blinken diz que 'a bola está no campo do Irã' e nega liberação de fundos congelados iranianos
    Rússia, Irã, China e outros 13 países formam coalizão para resistir a 'sanções unilaterais'
    Irã copia novo navio de base avançada dos EUA, que será um dos maiores no mundo, diz mídia
    Tags:
    Irã, terrorismo, ato terrorista, explosivo, explosão, explosão, explosão, mar Mediterrâneo
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar