16:21 20 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    0 01
    Nos siga no

    A Universidade de Witwatersrand, em Joanesburgo, na África do Sul, informou nesta quarta-feira (10) sobre a morte de um jovem durante um protesto de estudantes dispersado pela polícia perto da instituição.

    Um homem foi baleado e morto depois que a polícia disparou balas de borracha contra a multidão de estudantes que realizavam uma manifestação exigindo educação gratuita. 

    ​A Universidade Wits lamenta profundamente saber do falecimento de um homem de 35 anos no CBD de Braamfontein, do lado de fora da instituição, nesta manhã. A universidade estende suas condolências à família do falecido. 

    A instituição disse condenar qualquer forma de violência e apela a todos que "mantenham a calma neste momento tão difícil".

    "Relatos iniciais sugerem que um civil foi pego em confrontos entre os manifestantes e o SAPS [Serviço de Polícia da África do Sul] e, lamentavelmente, perdeu a vida. Neste estágio, não temos confirmação da causa de sua morte. Dois repórteres estudantes ficaram feridos e três manifestantes foram presos e levados para a delegacia de polícia de Hillbrow."

    Mais:

    Mianmar: 3 manifestantes morrem em protestos e trabalhadores fazem paralisação
    Mulheres polonesas protestam em Varsóvia contra a proibição do aborto
    Dispersão de protesto na Síria deixa 15 feridos, segundo o Exército russo
    Tags:
    polícia, morte, manifestação, protesto, protestos, estudantes, Joanesburgo, África do Sul
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar