09:14 16 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    Pandemia de COVID-19 no mundo no início de março de 2021 (94)
    5205
    Nos siga no

    O presidente sírio Bashar Assad e a sua esposa Asma testaram positivo para o novo coronavírus depois de apresentarem sintomas leves, informou em comunicado nesta segunda-feira (8) o gabinete do presidente.

    Relata-se ainda que ambos estão se sentindo bem, e vão ficar em isolamento e trabalhar de casa.

    "Presidente Assad e a senhora Asma Assad fizeram teste PCR, e o resultado mostrou infecção por coronavírus", lê-se em comunicado.

    "Estão em quarentena em sua casa que durará duas ou três semanas", ressalta comunicado.

    A Síria iniciou na semana passada sua campanha de vacinação, no entanto não se conhecem detalhes do processo.

    O ministro da Saúde do país afirmou que o governo adquiriu vacinas de um país amigável, sem mencionar o nome do país.

    No final de fevereiro, Israel afirmou ter acordado adquirir uma quantidade de doses da vacina russa Sputnik V para a Síria em troca de uma mulher israelense detida na República Árabe.

    Tema:
    Pandemia de COVID-19 no mundo no início de março de 2021 (94)

    Mais:

    Reconstrução da Síria pós-conflito é uma tarefa crucial, diz Putin em reunião virtual com Assad
    Sanções econômicas dos EUA impedem refugiados sírios de voltarem para seu país, diz Assad
    'Meta dos EUA na Síria era impedir que Assad restaurasse controle do país', diz ex-enviado de Trump
    Tags:
    novo coronavírus, COVID-19, Oriente Médio, Bashar Assad, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar