07:13 08 Março 2021
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    323
    Nos siga no

    Algumas pessoas que se ofereceram para participar da operação de limpeza foram hospitalizadas após inalarem gases aparentemente tóxicos. Soldados foram recrutados para reforçar o esforço de limpeza.

    O primeiro-ministro interino do Líbano, Hassan Diab, afirmou nesta segunda-feira (22) que estava acompanhando o derramamento de alcatrão que pode ter se originado de um navio que passava perto da costa israelense e atingiu a costa sul do Líbano, relata a agência Reuters.

    Autoridades israelenses disseram no domingo (21) que estavam tentando encontrar o navio responsável pelo vazamento de alcatrão que alcançou grande parte da costa do Mediterrâneo. O derramamento foi listado como um dos piores desastres ambientais de Israel nas últimas duas décadas. Até agora, a causa do incidente não foi esclarecida.

    Um pedaço de alcatrão é visto na areia de praia em Ashdod, no sul de Israel, depois que um derramamento de óleo no mar contaminou grande parte da costa mediterrânea do país com alcatrão.
    © REUTERS / Amir Cohen
    Um pedaço de alcatrão é visto na areia de praia em Ashdod, no sul de Israel, depois que um derramamento de óleo no mar contaminou grande parte da costa mediterrânea do país com alcatrão.

    Os depósitos densos e pegajosos pretos que apareceram inicialmente em praias israelenses foram vistos nesta segunda-feira (22) nas praias de uma reserva natural em Tiro, no sul do Líbano. Diab encarregou o ministro da Defesa, o ministro do Meio Ambiente e o Conselho Nacional de Pesquisa Científica para acompanhar o desenvolvimento da situação, lê-se no comunicado de seu gabinete, informa a mídia.

    A ministra da Proteção Ambiental de Israel, Gila Gamliel, disse que um vazamento foi identificado a cerca de 50 quilômetros da costa em 11 de fevereiro, e que uma das dez embarcações que estavam na área naquele momento poderia ter sido responsável.

    Algumas pessoas que se ofereceram para participar da operação de limpeza do derramamento de alcatrão foram hospitalizadas após inalarem gases aparentemente tóxicos. Enquanto isso, soldados foram recrutados para reforçar o esforço de limpeza. Calcula-se que levará meses ou anos para que a limpeza seja concluída.

    Mais:

    Especialista: relação entre acordos econômicos e questões ambientais é tendência que veio para ficar
    EUA vão aumentar comércio com Brasil, mas atentos ao meio ambiente e direitos humanos, diz porta-voz
    Ricardo Salles, ministro do Meio Ambiente, é diagnosticado com COVID-19
    Com aproximação em debates sobre o meio ambiente, Brasil e EUA têm a ganhar, avaliam especialistas
    Tags:
    praias, praia, limpeza, Líbano, derramamento, Alcatrão
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar