02:22 01 Março 2021
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    Pandemia da COVID-19 no mundo em meados de fevereiro de 2021 (110)
    142
    Nos siga no

    Israel anunciou nesta quinta-feira (18) que vacinará cerca de 120.000 palestinos que trabalham dentro das fronteiras do Estado Judeu.

    Após um impasse na fronteira da Faixa de Gaza e muita pressão internacional, Israel decidiu que vacinará cerca de 120.000 palestinos com permissão de trabalho no país.

    Os palestinos receberão imunizantes fornecidos pela Moderna, relata o site Jerusalem Post.

    Israel, que está usando principalmente as vacinas Pfizer-BioNTech, debate agora uma logística para ofertar os suprimentos da Moderna, que são mais facilmente transportáveis. 

    O Ministério da Saúde do país ainda não divulgou detalhes de como esses trabalhadores receberão a vacina. A remessa de 120.000 imunizantes da Moderna chegou à Israel há cerca de dois meses. 

    De acordo com a reportagem, o Ministério da Saúde israelense se absteve de permitir que os profissionais de saúde usassem as injeções da Moderna para evitar confusão no manuseio das diferentes vacinas.

    Policiais israelenses criam barreira durante restrições do lockdown contra o coronavírus em Israel
    © AP Photo / Ariel Schalit
    Policiais israelenses criam barreira durante restrições do lockdown contra o coronavírus em Israel

    Tema:
    Pandemia da COVID-19 no mundo em meados de fevereiro de 2021 (110)

    Mais:

    Muralha do tempo das Cruzadas é encontrada ainda protegendo cidade em Israel (FOTOS)
    Israel não pretende apoiar EUA se o país retornar ao acordo nuclear com o Irã
    Israel aprova aquisição de caças norte-americanos F-35 e aviões KC-46
    Tags:
    COVID-19, Estado Palestino, palestino, Jerusalém, israel
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar